Erin Jackson vai para Pequim 2022 após colega de equipe desistir de vaga na patinação de velocidade


Um gesto nobre aconteceu no último fim de semana na seletiva da equipe de patinação de velocidade dos Estados Unidos para os Jogos Olímpicos de Inverno Pequim 2022. Brittany Bowe (no centro da foto) abriu mão de uma de suas vagas, para que sua colega, Erin Jackson (à direita na foto) pudesse ir para a Olimpíada.

Erin Jackson era a favorita na prova dos 500m na seletiva olímpica dos Estados Unidos. Ela foi a líder do ranking da Copa do Mundo de patinação de velocidade na temporada atual, com vitória em quatro das oito provas disputadas. Porém, na hora da prova, a patinadora escorregou em um momento, perdendo tempo e terminando em terceiro lugar. Como eram apenas duas vagas, ela ficaria de fora dos Jogos Olímpicos, após ter ficado também em terceiro nos 1000m e em sexto lugar nos 1500m.

Mas a classificação acabou vindo ao final do campeonato. Brittany Bowe, que havia se classificado nos 500m, 1000m e 1500m, desistiu da vaga nos 500m em favor da colega de equipe. "Erin tem a chance de trazer uma medalha para casa - espero que seja de ouro - é uma honra dar a ela essa oportunidade", disse Bowe em entrevista à rede de tv NBC.

"Meio que recebi esse presente de uma grande amiga minha. Seria incrível se nós duas conseguíssimos subir no topo do pódio nas nossas provas e compartilhar esse momento", comentou Jackson.

Foto: Patrick McDermott/USA Today Sports

0 Comentários