Brasil termina em 9º na etapa de Sevilha da World Series de Rugby Sevens

Equipe brasileira feminina de rugby sevens

Depois de não irem às quartas-de-finais por causa de um ponto no saldo, as Yaras comemoraram hoje (dia 30) os triunfos contra Portugal (47 x 5) e Polônia (17 x 5) e encerraram a etapa do Circuito Mundial de Sevens em Sevilha com a nona colocação.

Somadas as duas etapas de Dubai e as duas realizadas na Espanha (Málaga e Sevilha), a seleção brasileira dirigida pelo técnico William Broderick ocupa a 10ª posição na classificação geral. O próximo compromisso no torneio organizado pela World Rugby é na cidade canadense de Langford, nos dias 30 de abril e 1º de maio.

No primeiro jogo da disputa pelo nono lugar, as brasileiras não deram a menor chance às portuguesas e anotaram sete tries – dois de Bianca Silva no primeiro tempo – e seis conversões com Raquel Kochhann.

Na segunda partida, voltaram a se dar bem contra as polonesas, que se destacam pelo jogo mais físico. As adversárias gerenciaram melhor o território no primeiro tempo e foram para o intervalo com 5 a 0 graças ao try de Małgorzata Kołdej. No segundo tempo, as Yaras tiveram paciência para reagir com tries de Gabriela Lima, Thalia Costa e Raquel Kochhann, que ainda marcou uma conversão.

“Estamos felizes com as três vitórias, mas não com a nona posição nesta etapa. Os detalhes são muito importantes. Foi por pouco que não ficamos entre as oito melhores aqui em Sevilha. Estamos evoluindo e mantendo a conexão do grupo dentro e fora de campo e seguiremos confiantes para as etapas seguintes”, observou a jogadora Aline Furtado, de 26 anos.

Foto: World Rugby - Martin Seras Lima

Postar um comentário

To Top