Falha técnica tira recorde mundial do bicampeão olímpico Ryan Crouser


Um erro no laser neste sábado (29) tirou do bicampeão olímpico do arremesso de peso, o estadunidense Ryan Crouser ma marca que seria o recorde mundial, em Nova Iorque (USA).

Crouser, campeão olímpico no Rio 2016 e em Tóquio 2020, tinha alcançado a marca de 23.38m no Millrose Games, competição parte do circuito indoor da World Athletics.

Entretanto, após o final da prova, foi descoberto um erro no laser, e ao invés de 23.38m, Crouser teria alcançado a marca de 22.45m.

Por fim, a prova acabou sendo anulada pela falha técnica da organização. 

Assim, segue intacta a marca obtida por Crouser na seletiva dos EUA para os Jogos Olímpicos em Tóquio, de 23.37m.

Foto: AP/David J.Philip

Postar um comentário

To Top