Ao lado de cazaque, Bia Haddad Maia é campeã de duplas no WTA 500 de Sidney

Bia e Anna com os troféus em Sidney

A brasileira Bia Haddad Maia conquistou neste sábado (15) o maior título da sua carreiira ao faturar ao lado da cazaque Anna Danilina o WTA 500 de Sidney (AUS).

Bia e Danilina enfrentaram a alemã Vivian Heisen e a húngara Panna Udvardy na decisão na Austrália e acabaram por vencer pelo placar de 2-1, com parcias de 4-6, 7-5 e 10-8 no super tie break para levar o inédito título para ambas.

O título coroa a excepcional campanha da dupla, que chegou a eliminar a segunda dupla cabeça de chave no torneio, composta pelas japonesas Aoyama e Shibahara na semifinal por 2-1 para alcançar a decisão e conquistar o título.

Bia Haddad vai jogar a partir do dia 17 o Australian Open, em Melbourne.

Melo e Dodig caem na semifinal em Adelaide 2


Finalistas na semana passada e chegando até a semifinal na madrugada da sexta-feira (14), Marcelo Melo e Ivan Dodig encerraram com balanço positivo a disputa dos torneios preparatórios para o Australian Open. Nos dois ATP 250 na cidade australiana de Adelaide, que abriram o circuito 2022 para a dupla, realizaram boas campanhas, somando cinco vitórias neste início de temporada. Agora, o mineiro e o croata seguem para Melbourne, para o primeiro Grand Slam do ano, que começa nesta segunda-feira (17).

Em busca da vaga em mais uma decisão, no segundo ATP 250 de Adelaide, nesta sexta, Melo e Dodig – cabeças de chave número 2 – pararam na semi diante do holandês Wesley Koolhof e do britânico Neal Skupski (cabeças 3), que marcaram 2 sets a 0, parciais de 6/4 e 6/1, em 1h02min.

"Eles jogaram muito bem. Acho que foram superiores desde o começo. Nós tentamos de todas as formas, mudamos o estilo de jogo. É uma dupla que vem com confiança, foram campeões na semana passada e acabaram aproveitando todas as oportunidades. E nós tivemos uma pequena chance de voltar no jogo no segundo set, mas não conseguimos converter. Realmente, jogaram melhor que a gente hoje. Agora, amanhã (sábado) é ir para Melbourne, para o nosso principal objetivo, que é o Grand Slam", explicou Marcelo.

No primeiro set, um único break, no sétimo game, deu a vantagem para os adversários vencerem por 6/4. Na sequência, Koolhof e Skupski quebraram logo no game inicial do segundo set. Melo e Dodig tiveram a chance de devolver a quebra em seguida, com três break points, mas o holandês e o britânico salvaram. E, a partir daí, com mais dois breaks, não deram chances de reação para o mineiro e o croata, fechando em 6/1 para avançar no torneio.

Foto: Reprodução

Postar um comentário

To Top