Aline Rocha e Cristian Ribera ficam perto do pódio no Mundial Paralímpico de Esportes de Neve

Aline Rocha esquia com vários pinheiros ao fundo

Os brasileiros Aline Rocha e Cristian Ribera ficaram próximos do pódio na prova de longa distância do esqui cross-country no Mundial Paralímpico de Esportes de Neve, disputado em Lillehammer, na Noruega. Ambos ficaram entre os seis primeiros colocados, a menos de 30 segundos do pódio.

A prova feminina era de 15km, disputada em estilo livre. Aline manteve um ritmo constante durante a prova, sempre se mantendo na quarta colocação em todas as parciais. Ela terminou a prova com um tempo fatorado de 48:47.9, 24 segundos atrás de Valiantsina Shtys, de Belarus, que levou a medalha de bronze.

Os Estados Unidos fizeram uma dobradinha na prova. Oksana Masters levou o ouro com um tempo de 46:45.2. Kendall Gretsch ficou com a medalha de prata, com 47:54.9.

No masculino, os atletas esquiaram por 18km, também no estilo livre. Cristian Ribera teve um bom início de prova, passando em quarto lugar em todas as parciais intermediárias, mas perdeu um pouco do ritmo na última volta, terminando em sexto lugar com um tempo fatorado de 52:37.4. Ele ficou 20 segundos atrás do medalhista de bronze.

A vitória parecia ser certa para o italiano Giuseppe Romele. Na última parcial, o italiano tinha mais de um minuto de vantagem para o russo Ivan Golbukov que estava na segunda posição. A prova foi disputada em um circuito de 3km, com os atletas fazendo seis voltas no masculino. No que era para ser sua chegada, Romele acabou abrindo mais uma volta e acabou completando 21km, só percebendo o erro ao terminar a prova e ver que era o 13º colocado.

Com o italiano fora do pódio, Golbukov levou o ouro com 51:14.5. Shin Eui Hyun, da Coreia do Sul, foi o segundo colocado com 51:42.8. A Rússia levou mais uma medalha, com Danila Britik terminando no terceiro lugar com 52:17.4.

Foto de capa: Reprodução/Instagram/Alinerocha.oficial

Postar um comentário

To Top