Zé Roberto Guimarães abre as portas para possível retorno de Thaísa à seleção



Após a central Thaísa comentar sobre um possível retorno para a Seleção brasileira em entrevista à rádio Super de Belo Horizonte e alimentar o sonho dos fãs brasileiros, o técnico da seleção brasileira José Roberto Guimarães deixou claro que as portas da seleção estão sempre abertas para a bicampeã olímpica:


"A Thaísa dispensa comentários. É uma das melhores jogadoras, não só do Brasil, mas como do mundo. Ela deu uma contribuição muito grande pra seleção em todos esses anos que ela participou. Ficou fora da Olimpíada de Tóquio, mas é uma grande jogadora, uma jogadora que a gente sempre tem que estar com as portas abertas pra ela, dependendo da condição que ela se apresentar. " disse Zé Roberto ao ge.globo.com


O técnico explicou que apesar de visar uma renovação na seleção, quer sempre contar com as melhores jogadoras de cada posição: "A Thaísa tá vivendo um bom momento, uma grande forma e apesar da gente pensar na renovação - que é uma coisa importante pro voleibol brasileiro -, a gente tem campeonatos também muito importantes no ano que vem, que são a VNL e também o Campeonato Mundial, que fica bem no meio do ciclo olímpico. Eu acho que a seleção tem que estar com as portas abertas para as melhores jogadoras nas suas posições e no seu estado de forma pra que a gente tenha sempre a melhor seleção"


O treinador revelou também a frustração em perder a atleta antes da olimpíada de Tóquio, após Thaísa pedir aposentadoria da seleção: "Eu acho que foi uma pena ela não ter participado dos treinamentos, acho que ela estava numa forma excepcional, eu acho que foi um pecado. Ela poderia nos ajudar, mas enfim, eu acho que tudo na vida são escolhas, né?"


Em entrevista à radio Super, Thaísa revelou que ao fim da temporada 2020/21 estava esgotada fisicamente e mentalmente, e que agora, mais descansada, está se sentir melhor para jogar: "No final da temporada passada, que eu pedi dispensa, eu realmente não aguentava. Eu estava muito cansada, eu estava no meu limite assim, mental principalmente. Hoje eu não sei te falar, porque hoje eu me sinto melhor, me sinto mais descansada. Eu estou bem fisicamente, muito bem, mas sinceramente eu não pensei sobre isso. Vou pensar.. quem sabe eu te respondo mais para frente."


foto: FIVB/Divulgação

0 Comentários