Rayssa Leal, Lucas Rabelo, Lilly Stoephasius e André Mariano vencem o STU Open; Pedro Barros bate a cabeça mas passa bem



O domingo (5) reservou a Rayssa Leal e a Lucas Rabelo, mais um título no skate street  neste ano, desta vez foi o STU Open, no Rio de Janeiro. A fadinha venceu duas etapas da SLS e Lucas foi ouro no Pan Júnior e conquistou um tradicional torneio da Dinamarca. Além deles, a alemã Lilly Stoephasius (foto acima) e André Mariano levaram os títulos do park. 


Favorito, Pedro Barros bateu a cabeça na primeira volta e teve que sair de ambulância, mas informações da assessoria, afirmam que ele está bem, mesmo assim ele saiu com a prata na prova do park masculino.


Lucas, que foi vice campeão do mundo este ano, fez uma espetacular manobra pontuada em 9.62, quando já estava com o título garantido e comemorou seu segundo título em dez dias. Eduardo Neves foi o segundo e João Lucas Neves em terceiro. 


Rayssa fez uma disputa manobra a manobra com a campeã mundial Pamela e venceu com um backflip rockslide, mesma manobra que lhe deu o título na primeira etapa da SLS. Virgínia Fortes Águas fechou o pódio.


No park feminino, Lilly, de apenas 14 anos, foi bem nos aéreos e venceu com 60.33 pontos, seguida de Dora Varella e Yndiara Asp. No masculino, André Marinho, que havia se classificado em oitavo pra final, fez uma volta espetacular e chegou aos 86.33 pontos. 


Ele não acreditou, mas comemorou muito a conquista com seu irmão, o também skatista Luiz Francisco. Pedro Barros fez 84.33 na sua única volta e ficou em segundo, com Augusto Akio fechando o pódio. Luiz foi o sétimo e o finalista olímpico Pedro Quintas foi o oitavo



0 Comentários