CT Paralímpico recebe Regional das Américas de bocha a partir desta terça-feira


O Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo, recebe a partir desta terça-feira, 7, o Campeonato Regional das Américas de bocha 2021. Ao todo, 74 atletas de 12 países participam da competição, que seguirá até o dia 13 de dezembro.

A cerimônia de abertura da competição está marcada para o dia 7 de dezembro, enquanto as competições individuais acontecerão de 8 a 11. Já as disputas por equipes e pares serão entre 12 e 13.

O Brasil será representado por 10 atletas, destes, nove estiveram nos Jogos de Tóquio: José Carlos Chagas (BC1), Andreza Vitória (BC1), Maciel Santos (BC2), Natali de Faria (BC2), Mateus Carvalho (BC3), Evelyn de Oliveira (BC3), Evani Calado (BC3), Eliseu dos Santos (BC4), e Ercileide Laurinda da Silva (BC4). A novidade será a estreia do jovem Iuri Tauan Saraiva da Silva (BC2).

Esta é a segunda vez que o CT Paralímpico sedia a principal competição das Américas da modalidade. Nacionalmente, a bocha é administrada pela Associação Nacional de Desportos para Deficientes (ANDE).

“É a segunda vez que nós [ANDE] organizamos este evento, e isso reafirma a qualidade do Brasil em realizar competições internacionais, assim como a capacidade do CT Paralímpico em receber eventos paralímpicos de qualquer porte”, ressalta Arthur Cruz, presidente da ANDE.

Em 2019, o Brasil sediou pela primeira vez o Regional das Américas. “Eu nunca perdi uma competição que aconteceu no CT. Desde que foi inaugurado em 2016, eu nunca perdi aqui. O CT é a nossa casa, sem dúvida nenhuma é uma esperança de muitas medalhas”, contou Maciel Santos, medalhista de bronze nos Jogos de Tóquio 2020 e que vai buscar o tetracampeonato das Américas.

O Regional das Américas 2021 será a primeira competição que contará com a separação de gênero no qual a Seleção Brasileira participará.

Foto: Wander Roberto/CPB

0 Comentários