Adhemar Ferreira, Magic Paula, Tetsuo Okamoto e Sebastián Cuattrin ganham páginas especiais no Hall da Fama digital do COB



Após serem reverenciados durante a cerimônia do Prêmio Brasil Olímpico 2021, no início do mês, em Aracaju (SE), mais quatro ícones do esporte nacional ganham, na terça-feira, dia 21, páginas no Hall da Fama Digital do Comitê Olímpico do Brasil (COB). 

Adhemar Ferreira da Silva (atletismo), Magic Paula (basquete), Sebastián Cuattrin (canoagem velocidade) e Tetsuo Okamoto (natação) passam a ter áreas inteiramente dedicadas às suas histórias, com biografia completa, fotos, vídeos, páginas de jornais que registraram suas principais conquistas, além de um espaço para que os fãs possam deixar recados para os ídolos olímpicos.

“O Hall da Fama do COB tem como objetivo homenagear ídolos do esporte brasileiro, resgatar a memória do esporte brasileiro, tanto presencialmente nas homenagens, como fizemos no Prêmio Brasil Olímpico deste ano, como também no site do COB. Esse importante projeto que anualmente escolhe algumas dessas importante personalidades terá continuidade em 2022”, Rogério Sampaio, diretor-geral do COB.

Adhemar Ferreira, Paula, Sebastián Cuattrin e Tetsuo Okamoto se juntam a outros 16 nomes com páginas no Hall da Fama virtual do COB. São eles: Bernardinho (vôlei), Chiaki Ishii (judô), Guilherme Paraense (tiro esportivo), Hortência (basquete), Jackie Silva (vôlei de praia), Joaquim Cruz (atletismo), João do Pulo (atletismo), Maria Lenk (natação), Sandra Pires (vôlei de praia), Sylvio Padilha (atletismo), Torben Grael (vela) , Vanderley Cordeiro (atletismo), Zé Roberto Guimarães (vôlei) Aída dos Santos (atletismo), Bernard Rajzman (vôlei) e Wlamir Marques (basquete).

O Hall da Fama do COB é uma idealização do presidente do COB Paulo Wanderley Teixeira para garantir que as histórias de alguns dos principais atletas e personalidades do esporte brasileiros sejam enaltecidas, eternizadas e valorizadas.

Foto: Divulgação/COB

Postar um comentário

To Top