Surto Lista - 10 nomes para ficar de olho nos Jogos Pan-americanos Júnior - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Surto Lista - 10 nomes para ficar de olho nos Jogos Pan-americanos Júnior

Compartilhe



Entre os dias 25 de novembro e 5 de dezembro teremos a primeira edição dos jogos Pan-americanos Júnior - para atletas até 23 anos - em Cali, na Colômbia. O Brasil levará uma delegação de 358 atletas em 38 modalidades - 35 olímpicas e 3 não-olímpicas, Squash, patinação artística e patinação em velocidade - em busca de fazer uma atuação tão boa quanto foi no Pan adulto em Lima em 2019 quando ficou em segundo lugar no quadro de medalhas.

A delegação brasileira, vem com jovens valores em busca das medalhas e de diversas vagas de quase todos os esportes para os Jogos Pan-americanos adulto em Santiago em 2023, e listamos alguns nomes - com direito as menções honrosas - pra você ficar de olho no Pan Júnior, que podem brilhar (ou já estão brilhando ) no esporte brasileiro em um futuro bem próximo. Sem mais delongas, confira a lista abaixo: 


Breno Correia 

Modalidade - Natação (100m e 200m livre)

Idade - 22 anos


foto: Willian Lucas/COB

Escolhido como um dos porta-bandeiras do Brasil na Cerimônia de Abertura dos Pan Júnior, o nadador vem para a competição poliesportiva como um dos principais nomes da delegação brasileira. Após conquistar medalhas no mundial de piscina curta em 2018, e no Pan adulto em Lima em 2019, chegou a cogitar que Breno seria um dos nomes que iria explodir em Tóquio, mas na Olimpíada ele acabou não conseguindo brigar por medalha. Agora em Cali, Breno deverá brigar por muitas medalhas na competição e mostrar que será um dos nomes da natação brasileira no próximo ciclo olímpico.



Paola Reis 

Modalidade - Ciclismo BMX Racing

Idade - 22 anos


foto: Washington Alves/COB

Paola surgiu no cenário nacional com atuação incrível no Pan adulto em Lima, conquistando a prata no BMX aos 19 anos. Esperava-se que ela estivesse em Tóquio, mas diversos problemas dela e do seu técnico com a CBC (Confederação Brasileira de Ciclismo), acabaram prejudicando a atleta, que ficou de fora da Olimpíada. Agora, aparentemente com os problemas resolvidos, Paola vai para a Colômbia em busca de retomar o caminho do sucesso e ser um dos nomes do BMX brasileiro no ciclo olímpico de Paris 2024.



Taiane Justino 

Modalidade - Levantamento de pesos (Categoria acima de 87kg)

Idade - 17 anos


foto: Reprodução/COB

Uma das grandes promessas do levantamento de pesos, Taiane ganhou três medalhas no mundial sub17 - duas pratas e um bronze - e no Pan Júnior ela deverá brigar pelo pódio novamente, já que competições internacionais sub17 e sub20 - contando o mundial - ela faturou nove medalhas somente em 2021. Com idade para disputar outro Pan júnior em 2025 quando terá 21 anos, Taiana é nome para ficar de olho até para os Jogos de Paris. 



Erik Felipe 

Modalidade - Atletismo (100m rasos)

Idade - 21 anos


Foto: Wagner Carmo/CBAt

Erik Felipe é um grata surpresa da safra de jovens velocistas brasileiros. Ele surpreendeu a todos no atletismo ao fazer incríveis 10s01 - segundo melhor tempo da história no Brasil - no campeonato brasileiro sub23 e ganhou os holofotes como mais um nome que pode quebrar a barreira dos 10 segundos, barreiras esta que já dura longos 33 anos. Erik terá em Cali, mais uma chance de fazer um sub10 e entrar de vez para a história do atletismo brasileiro.



Miguel Hidalgo 

Modalidade - Triatlo/Atletismo

Idade - 21 anos


Foto: World Thriathlon

Miguel Hidalgo é mais um nome da boa safra de jovens triatletas que o Brasil vem revelando e que prometem pôr o o país no mapa da modalidade em breve. Oitavo no mundial sub23, Miguel deve brigar pelo pódio em Cali. Mas além de nadar, pedalar e correr, Miguel ainda terá outra compromisso com a corrida, mas em uma pista de atletismo: com o índice para os 500m metros, o triatleta vai se aventurar na prova e quem sabe, faturar uma medalha por lá também. 



Beatriz Dizotti 

Modalidade - Natação

Idade - 21 anos

Foto: Sátiro Sodré/CBDA

Beatriz brilhou nesse ano após fazer uma grande marca na seletiva olímpica em abril deste ano, fazendo índice para os 1500 metros e batendo o recorde brasileiro da prova. Após a participação olímpica, Bia vai como um dos principais nomes da natação em Cali e disputando os 400,800 e 1500 metros, pode sair com muitas medalhas do Pan Júnior e mostrar que ela vem muito forte para o ciclo olímpico de Paris 2024



Pâmela Rosa 

Modalidade - Skate street

Idade - 22 anos


Foto: Divulgação

Escolhida como uma das porta-bandeiras do Brasil da Cerimônia de abertura, Pâmela é a grande estrela da delegação brasileira e quiçá da competição poliesportiva. Com participação em Tóquio - em que uma contusão no tornozelo atrapalhou a skatista na briga por medalha olímpica - e atual bicampeã mundial após vencer o Super Crown da Street League Skateboard , Pâmela é uma das grandes favoritas ao ouro no skate street e deve ser presença certa no pódio da modalidade.


Murillo Cunha/Celina Rangel 

Modalidade - Nado artístico (dueto misto)

Idade - Murillo 16 anos , Celina 18 anos


Foto: Arquivo pessoal Murillo Cunha

O Brasil terá representantes no dueto misto do Nado artístico, nova prova da modalidade que vem buscando maneiras de incluir homens no esporte dominado por mulheres. Murillo Cunha, de apenas 16 anos, será o primeiro a homem a representar o Brasil no nado artístico em uma competição poliesportiva e ao lado de Celina Rangel, pode continuar a fazer história e pegar um pódio. E se o dueto misto entrar no programa olímpico, a dupla pode pintar em Olimpíadas futuras e continuar a fazer história.


Kawan Pereira 

Modalidade - Saltos ornamentais

Idade - 19 anos

Foto: Abelardo Mendes Jr./Rededoesporte.gov.br


Uma das joias brasileiras dos saltos ornamentais, Kawan é outra estrela da delegação brasileira em Cali. Top 10 na plataforma de 10 metros - prova das mais tradicionais na olimpíada-  em Tóquio, Kawan, de apenas 19 anos, começa este novo ciclo olímpico com outro status, e deve brigar por medalha nesse Pan Júnior e continuar sua evolução técnica para os Jogos de Paris em 2024


Tiffani Marinho 

Modalidade - Atletismo (400 metros)

Idade - 22 anos


Foto: Wagner Carmo/CBAt

A Atleta brasileira é outro destaque da seleção de atletismo que está no Pan-americano Júnior. jovem, mas com grande experiência em olimpíada e mundial de atletismo e de revezamentos, Tiffani pode brilhar na Colômbia tanto na prova individual quanto no revezamento 4x400m feminino e o misto - ainda não foram definidos os integrantes dos revezamentos, mas ela pode participar dos três e chegar no pódio nas três provas. 



Menções Honrosas - Júlia Vieira (Levantamento de pesos), Lucas Vilar, Chayenne da Silva e Gabriel Boza (Atletismo), Rayan Dutra (Ginástica Trampolim), Davi Langaro (Handebol), Stephanie Balduccini e Matheus Gonche (Natação), Bruna Wurts (Patinação Artística) Lucas Rabelo (Skate), Sandy Macedo (Taekwondo) e Giulia Takahashi (Tênis de mesa)


Foto de Capa: Washington Alves/ COB

Nenhum comentário:

Postar um comentário