Seleções de ginástica artística e handebol feminino são as primeiras a embarcarem para o Pan Júnior - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Seleções de ginástica artística e handebol feminino são as primeiras a embarcarem para o Pan Júnior

Compartilhe

Os Jogos Pan-americanos Júnior Cali 2021 já começaram para o Brasil. No domingo (21), uma delegação composta por 22 atletas, das seleções de ginástica artística e handebol feminino, embarcou para a Colômbia, onde, a partir da próxima semana, inicia sua participação na primeira Missão do ciclo olímpico Paris 2024.

“O Pan Júnior marca o início deste novo ciclo e representa também uma oportunidade de classificação em modalidades individuais para Santiago 2023. Fora isso, a maioria destes jovens vai poder vivenciar o que é uma Missão do COB e entender como tudo funciona, o que acaba ajudando quando forem participar de Missões maiores”, afirmou o vice-presidente do COB e Chefe de Missão em Cali 2021, Marco La Porta.

As meninas do handebol são as primeiras a entrarem em ação. Antes mesmo da Cerimônia de Abertura, marcada para o dia 25, a seleção feminina encara a equipe de Cuba, na terça-feira, 23, às 19h (horário de Brasília), com transmissão ao vivo do Canal Olímpico do Brasil.

“É muita expectativa, muita ansiedade. Será a minha primeira competição com o Time Brasil e já ficamos imaginando coisas grandes. Quando você fala em COB, a primeira coisa que vem na cabeça são os Jogos Olímpicos. É o sonho de todo atleta e, se estou aqui, quer dizer que tenho chance de estar nos próximos Jogos”, disse Mariana Evangelista, 22 anos, pivô do Pinheiros.

Já as competições de ginástica artística, que começam no dia 26, terão um atrativo a mais: os campeões do individual geral no masculino e no feminino terão direito a vagas na próxima edição do Pan adulto, em Santiago 2023. Além disso, os atletas vivem a expectativa de receberem os uniformes do Time Brasil.

“Sempre falava dos uniformes, via o (Arthur) Nory ganhar os dele. Meus sonhos são: receber os uniformes e ganhar a competição. Como é a primeira vez que teremos o Pan Júnior, é a oportunidade de nos destacarmos lá”, explicou João Victor Perdigão, o Mineiro, que é o caçula da equipe masculina (16 anos) e treina no Pinheiros com o campeão mundial de barra fixa em Stuttgart 2019.

A oportunidade de classificação de atletas para o Pan de 2023, em Santiago, é um dos objetivos do COB para Cali 2021. Cada modalidade estipulou seu próprio critério para a distribuição de vagas. O Brasil vai para a Colômbia com 358 atletas, de 38 modalidades.

Foto: Williams Lucas

Nenhum comentário:

Postar um comentário