Brasil contará com três judocas no Grand Slam de Abu Dhabi, que fecha o Circuito Mundial em 2021 - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Brasil contará com três judocas no Grand Slam de Abu Dhabi, que fecha o Circuito Mundial em 2021

Compartilhe

O judô brasileiro terá três representantes no Grand Slam de Abu Dhabi, que começa nesta sexta-feira, 26, e encerra o Circuito Mundial da modalidade de 2021. Ketleyn Quadros (63kg/Sogipa/FGJ) e Eduarda Rosa (70kg/Grêmio Náutico União/FGJ) lutam no sábado, 27, enquanto Beatriz Souza (+78kg/EC Pinheiros/FPJudo) compete no domingo, 28, último dia de competição. A competição começa nesta sexta-feira, 26, mas o Brasil não terá representantes neste primeiro dia.

O sorteio das chaves definiu os confrontos iniciais das brasileiras. Ketleyn, que retorna às competições depois do sétimo lugar nos Jogos Olímpicos de Tóquio, estreará contra a alemã Sappho Coban, em luta válida pelas oitavas de final.

Já a novata Eduarda ROSA (70kg), de 20 anos, enfrentará TSERENDULAM ENKHCHIMEG, da Mongólia, que tem 21 anos e foi 7ª colocada nos Grand Slam de Paris e Baku, neste ano. Duda, por outro lado, faz sua estreia em etapas de Grand Slam depois de conquistar o vice-campeonato brasileiro Júnior.

Depois de protagonizar uma das disputas mais acirradas pela vaga olímpica com Maria Suelen Altheman, Beatriz Souza retorna ao Circuito Mundial iniciando o processo rumo à Paris 2024. A judoca de 23 anos chega a Abu Dhabi como cabeça de chave número do pesado feminino e já estreia direto na semifinal, aguardando quem sai do confronto entre Rússia e Mongólia. Ela chega ainda mais motivada e em ritmo de competição depois de ajudar o Pinheiros a vencer a Copa Brasil Interclubes de Judô, onde foi eleita a melhor atleta feminina da competição.

Foto: Davi Victor/NAVVE/CBJ

Nenhum comentário:

Postar um comentário