Velocista Blessing Okagbare é flagrada pela segunda vez no doping em menos de dois meses - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Velocista Blessing Okagbare é flagrada pela segunda vez no doping em menos de dois meses

Compartilhe

 


A velocista nigeriana Blessing Okagbare, que foi suspensa após testar positivo para hormônio do crescimento durante dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, também acusou resultado positivo para EPO, segundo com a nota da Unidade de Integridade de Atletismo (AIU).

Okagbare, de 32 anos testou positivo para EPO após reanalise de uma amostra retirada durante competição na Nigéria no dia 20 de junho, de acordo com comunicado da AIU.

O AIU, entre outras coisas, também acusa a atleta de uma terceira violação da regra antidoping, pela “recusa em cooperar” durante investigação.

Okagbare foi medalhista de prata no salto em distância em Pequim 2008 e disputou bateria eliminatória dos 100 m em Tóquio no dia 31 de julho e deveria disputar a semifinal, porem foi preventivamente suspensa devido a um resultado adverso de amostra coleta no dia 19 de julho.

Foto: Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário