Rayssa Leal, Pamela Rosa e Gabriela Mazetto se classificam para a final da etapa do Arizona da SLS - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Rayssa Leal, Pamela Rosa e Gabriela Mazetto se classificam para a final da etapa do Arizona da SLS

Compartilhe

Rayssa Leal se classificou nesta sexta (29) para a final da etapa do Arizona da SLS (Liga Mundial de skate street) e irá tentar vencer a segunda etapa seguida. Pamela Rosa e a agora mãe, Gabriela Mazetto também passaram para a final, que é neste sábado às 16h e terá transmssão do Sportv 2.


A "fadinha" fez 15.5 e se classificou na liderança, seguida de Pâmela que ficou com 14.6 pontos. Gabi foi a sétima colocada marcando 12.9 pontos, um ótimo resultado para marcar a volta de uma lesão no joelho e o tempo fora pela gravidez e licença-maternidade. Letícia Bufoni e Marina Gabriela não passaram.


Surte+: Veja como foi a semifinal masculina


Mesmo com um pequeno erro, Rayssa fez a melhor volta do dia tirando 4.1, nota que acabou descartada após as tricks. Nas manobras ela fez 6.1 com  um Backside Smith, 4.7  com um crooked, assumindo a liderança já após a seguna manobra e ainda somou mais um 4.7 fazendo um boardslide de backside. No final, ela tentou repetir o kickflip frontboard que deu o título para ela em Salt Lake City, mas acabou caindo.


Atual campeã da liga, Pamela começou sua volta dropando da parte mais alta da pista e com manobras tranquilas fez 3.4. Nas manobras, ela computou um 4.3 com um Backside Smith, 4.9 com um Nosegrind de frente e 5.4 com uma manobra de slide 


Gabi Mazetto fez 2.0 pontos na sua volta, que acabou descartada como a menor pontuação. Nas manobras, a atelta somou 2.8 com um 50 50 feito com a parte de trás do shape, 4.8 fazendo um backside crooked e 5.3 com um backside smith.


Primeira campeã mundial feminina, Bufoni fez 2.9 na sua volta e acabou errando três das suas quatro manobras, somando apenas 7.2 e ficando na 10ª colocação. Sua única manobra foi um FS 180º, pontuado em 4.3.


Wildcard desta etapa, Marina Gabriela marcou 2.4 na volta, que foi feita sem muita velocidade e visando mais a precisão das manobras. Nas tricks, ela fez um ollie por cima do corrimão recebendo 2.5  e um fifty pontuado apenas em 0.8. Com apenas 5.7 no total, ela acabou ficando na 12ª e última colocação.


Mariah Duran se destacou após fazer 7.4 com um hardflip, melhor manobra da semifinal. A estadunidense se classificou na terceira colocação. Keet Oldenbeuving (NED), Roos Zweetsloot (NED) mais as japonesas Funa Nakayama, bronze na Olimpíadas e Momiji Nishya, ouro em Tóquio-2020, também se classificaram para a final.


Foto: Reprodução/ Twitter

Nenhum comentário:

Postar um comentário