Jonas Freire é o novo diretor de esportes de alto rendimento do Comitê Paralímpico Brasileiro - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Jonas Freire é o novo diretor de esportes de alto rendimento do Comitê Paralímpico Brasileiro

Compartilhe


Jonas Freire é o novo diretor de esportes de alto rendimento do Comitê Paralímpico Brasileiro. Ele ocupa o cargo desde o início de outubro de 2021, após a saída de Alberto Martins do cargo de diretor técnico da entidade.

Jonas Rodrigo Alves Pereira Freire vai atuar com foco na participação da delegação brasileira nas próximas missões, como Mundiais, Jogos Paralímpicos de Inverno Pequim 2022, Jogos Parapan-Americanos de Santiago 2023 e Jogos Paralímpicos de Paris 2024, entre outros projetos do CPB.

"Vamos contar com toda a experiência do Jonas, que é uma pessoa muito competente e amplo conhecedor do Movimento Paralímpico. Já atuou em missões do Brasil em quatro Jogos Paralímpicos [Atenas 2004, Londres 2012, Rio 2016 e Tóquio 2020]. Temos muita confiança nele e acreditamos que ele fará mais um grande trabalho até Paris 2024", afirmou Mizael Conrado, bicampeão paralímpico de futebol de cinco (Atenas 2004 e Pequim 2008) e presidente do CPB.

Jonas Freire é paulistano, tem 44 anos, formado em Educação Física, bacharel em Treinamentos em Esportes e mestre em Atividade Motora Adaptada pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

Exerceu o cargo de diretor técnico adjunto do CPB no período de abril de 2017 a setembro de 2021. Trabalhou com organização esportiva de modalidades paralímpicas desde 2000 e foi gerente do futebol de 5 nos Jogos Parapan-Americanos do Rio 2007. Ocupou ainda o cargo de coordenador técnico da Confederação Brasileira de Desportes de Deficientes Visuais (CBDV).

"É o maior desafio da minha carreira, além de ser uma honra e uma responsabilidade muito grande. Conto com a colaboração de todos os atletas, treinadores, associações, confederações para que possamos não apenas manter o nível de entregas do CPB como também estabelecer novas marcas históricas ao longo do ciclo", disse Jonas Freire.

Foto: Alê Cabral/CPB

Nenhum comentário:

Postar um comentário