Guia NBB 2021/22 - Minas - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Guia NBB 2021/22 - Minas

Compartilhe




Participações no NBB: 13

Melhor colocação: – Terceiro em 2008/09 e 2020/21

Na temporada 2020/2021:  Terceiro


Elenco

Armadores: Alexey Borges, Facundo Corvalán (ARG), Samuel Ribeiro e João Prado

Alas: Gui Deodato, Gui Santos e Shaquille Johnson (USA)

Pivôs: Renan Lenz, Daniel Duque, Felipe Queirós, Tiago Dias, Maique, Tavario Miller (BAH) e Augusto

Provável time base: Alexey Borges, Gui Deodato, Shaquille Johnson, Maique e Tavario Miller

Técnico: Léo Costa


Apesar das muitas vitórias e recordes quebrados, o Minas esperava mais da temporada passada. E ficar pelo caminho no NBB, Super 8 e Champions League das Américas sem sequer chegar à final fez a equipe mineira reformular o seu elenco para enfim conseguir um título na temporada 2021/22. 


Os alas Gui Santos - revelação da equipe e já de olho na NBA - e Shaquille Johnson foram os poucos que foram renovados e terão ao seu lado nomes as novas contratações como os armadores Alexey Borges e Facundo Corvalán – a moda do armador argentino organizador de jogo veio com tudo nessa temporada - o ala Gui Dedodato - de volta à equipe mineira -  e os pivôs Renan Lenz, Maique e Tavario Miller (Bahamense vindo do Boca Juniors-ARG) para deixar a equipe, mais jovem, atlética e com a mesma técnica dos medalhões que estavam em 2020/21.


O técnico Léo Costa foi mantido e em sua terceira temporada, sabe que terá que fazer mais com o elenco que não é tão estrelado, mas com a mesma eficiência, que tem nas mãos. O favoritismo não é tão grande, o que pode ser um fator positivo para a equipe, que pode trabalhar com mais calma, principalmente para ter a frieza necessária para vencer jogos decisivos, o que faltou para os Storms mesmo com muitos jogadores 'clutchs' no elenco – O São Paulo e Real Esteli em competições distintas que o digam. 

Agora, Léo tem um garrafão mais forte defensivamente e conta com a habilidade dos seus estrangeiros e de bom valor na armação Alexey, e o já consolidado Gui Deodato para decidir jogos. E Gui Santos terá mais minutos para mostrar que é realmente um jogador diferenciado e ajudar a levar o Minas entre os 4 melhores na temporada regular. 


Previsão: Top8/top4


Foto: Orlando Bento/Minas Tênis clube

Nenhum comentário:

Postar um comentário