De olho em Pequim, seleção brasileira de bobsled viaja aos EUA para iniciar temporada olímpica - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

De olho em Pequim, seleção brasileira de bobsled viaja aos EUA para iniciar temporada olímpica

Compartilhe
Seleção brasileira de bobsled posa para foto ao lado de trenó

A seleção brasileira de bobsled embarcou nesta semana para os Estados Unidos, dando início à temporada olímpica. A equipe fará um training camp em Lake Placid, antes do início da Copa América de Bobsled, competição que vale pontos para o ranking que define os trenós classificados para os Jogos Olímpicos de Inverno Pequim 2022.  

Nesta temporada, a equipe conta com o experiente piloto Edson Bindilatti, Edson Martins, Rafael Souza e Erick Viana, que são remanescentes de Pyeongchang 2018, além de Luís Henrique Gonçalves e Jefferson Sabino que entraram na equipe após um teste no final de 2020. Ambos vieram do atletismo e Jefferson, inclusive, participou dos Jogos Olímpicos de Verão em Pequim, em 2008.

A equipe não compete desde o começo de 2020, não conseguindo viajar para o exterior na última temporada devido à pandemia de Covid-19. Mesmo assim, os atletas se sentem preparados. O grupo tem realizado mensalmente training camps desde abril e também reativaram a pista móvel de push, onde é possível treinar a largada com o trenó. Além disso, também está sendo construída uma pista de push fixa em São Caetano do Sul, onde será possível ter uma simulação mais próxima da largada em uma pista de gelo. 

“Teve uma grande evolução na equipe na parte física, mas também na questão da organização. Não temos mais desvantagem no físico, nem com o trenó. Agora, a gente está cada vez mais estudando os detalhes como  a questão do gelo ou a melhor forma de utilizar uma lâmina”, comentou Erick Viana que tenta se classificar para sua segunda Olimpíada. 


A classificação para os Jogos Olímpicos é feita através do ranking da Federação Internacional de Bobsled e Skeleton (IBSF). A equipe brasileira irá participar das oito etapas da Copa América, no Canadá e nos Estados Unidos, tanto no four-man (o trenó para quatro pessoas), como no two-man (para dois atletas).  

CALENDÁRIO COPA AMÉRICA DE BOBSLED

4-MAN
Whistler (CAN) - 12/11 a 14/11
Park City (USA) - 28/11 a 29/11
Lake Placid (USA) - 18/12 a 20/12

2-MAN
Whistler (CAN) 07/11 a 09/11
Park City (USA) 23/11 a 24/11
Lake Placid (USA) 13/12 a 15/12

“A gente tá indo bem preparado, com uma equipe muito forte e muito motivada. A gente tá com um material super bom, a Confederação adquiriu o trenó novo de two-man e o de four-man também é praticamente novo. Claro que os outros times, todo mundo se preparou também, mas o Brasil é coração. É um time alegre, feliz e ao mesmo tempo competitivo que quando chega para competir, chega para fazer barulho”, disse Edson Bindilatti, o piloto do trenó brasileiro. 

Além da equipe masculina, Marina Tuono do monobob feminino (trenó individual e que estreia nos Jogos Olímpicos em Pequim) também irá participar das etapas da Copa América. Ainda nos esportes de trenó, o Brasil também tenta se classificar no skeleton com Nicole Silveira. A atleta está nesta semana na China, treinando na pista que será utilizada em Pequim 2022. 

Foto de capa: Pedro Bicudo/CBDG

Nenhum comentário:

Postar um comentário