Competindo em uma categoria acima no Pan-Americano Sub-20, Júlia Vieira faz sua melhor marca internacional no arranco - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Competindo em uma categoria acima no Pan-Americano Sub-20, Júlia Vieira faz sua melhor marca internacional no arranco

Compartilhe

A participação brasileira no Campeonato Pan-Americano Sub-20 de levantamento de pesos, que está acontecendo em Guadalajara, no México, começou na terça-feira (19) com Júlia Vieira. A pesista, que ainda é sub-17 e esteve em seu primeiro torneio juvenil, foi à plataforma para competir na categoria para 55kg e conseguiu a sua melhor marca internacional no arranco: 73kg, um a mais do que seu antigo recorde pessoal, no Mundial Sub-17, realizado no início do mês, na Arábia Saudita. A carioca ainda fez 93kg no arremesso, somando 166kg, o que proporcionou a ela o oitavo lugar geral da competição.

A medalha de ouro geral foi para Antonina Mena, da Colômbia, que dominou o pleito com 192kg cumpridos, sendo 87kg no arranco e 105kg no arremesso. O vice-campeonato foi faturado pela mexicana Irene Palacios, que somou 187kg (86kg no arranco e 101kg no arremesso). O pódio foi fechado por outra atleta da Colômbia, Kely Acero, que concluiu o movimento de 183kg (83kg no arranco e 100kg no arremesso).

O primeiro arranco de Júlia Vieira foi de 70kg, porém ela não conseguiu fazer a execução perfeita e acabou frustrando a tentativa. A segunda foi imprescindível para a atleta. Tentando a mesma carga que no seu primeiro intento, ela foi à plataforma e fez o levantamento correto. Mais confiante com o sucesso do movimento anterior, a pesista subiu a carga para 73 kg e viu os três árbitros validarem a sua apresentação.

Com o peso conseguido, a atleta do Brasil conseguiu a sua melhor marca no arranco em cenário internacional (ela levantou 71kg no Pan-Americano Sub-17 e 72kg no Mundial Sub-17). Apesar do feito pessoal, a carioca ficou na oitava colocação em Guadalajara. O ouro do arranco foi para Antonina Mena (concluiu o levantamento de 87kg), a prata terminou com Irene Palacios (86kg) e o bronze foi conquistado por Kely Acero (83kg).

No arremesso, a brasileira já começou acertando desde o início. Com 90kg na barra, ela foi à plataforma e conseguiu um movimento perfeito. Para o seu segundo arremesso, a brasileira levantou o peso na barra para 93kg, conseguiu validar a sua tentativa e saiu sorridente. A carioca pediu 95kg para o terceiro intento, mas não conseguiu subir a carga. Com os 93kg cumpridos, ela ficou na sexta colocação do movimento.

O pódio do arremesso se repetiu. A primeira colocação foi de Antonina com 105kg, a segunda foi para Irene que cumpriu 101kg, enquanto Kely fechou o trio medalhista com 100kg.

Foto: Alex Tozzi

Nenhum comentário:

Postar um comentário