Brasil garante 13 mesatenistas nas fases eliminatórias individuais do Pan da Juventude - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Brasil garante 13 mesatenistas nas fases eliminatórias individuais do Pan da Juventude

Compartilhe

*Com CBTM

O Brasil vai estar em peso nas fases eliminatórias dos torneios individuais do Campeonato Pan-Americano da Juventude de tênis de mesa, que está sendo realizado em Santo Domingo, na República Dominicana. Nesta quarta-feira (15), sete brasileiros foram à mesa pela fase de grupos e avançaram na competição: Kim Iwasaki, Abimael Araújo, Beatriz Fiore, Sabrina Miyabara, Henrique Noguti, Richard Pinheiro e Diogo Silva. Outros seis já estavam classificados por estarem mais bem ranqueados: Leonardo Iizuka, Karina Shiray, Kenzo Carmo, Livia Lima, Giulia Takahashi e Laura Watanabe.

Pelo Grupo 4 do sub-15 masculino, Kim Iwasaki venceu suas duas partidas e avançou na liderança do triangular. Primeiro, ele passou pelo guatemalteco Luis Angel Turcios por 3 a 1 (11/7, 8/11, 11/4 e 11/7) e pelo mexicano Jorge Rodriguez por 3 a 0 (11/5, 11/5 e 11/9).

Outro brasileiro que avançou no sub-15 masculino foi Abimael Araújo. Ele terminou na segunda colocação do Grupo 5 ao triunfar, de virada, sobre o colombiano Emanuel Yepes por 3 a 2 (7/11, 9/11, 11/9, 11/6 e 15/13) e ao perder para o atleta da casa, Eduardo Darley, também por 3 a 2 (11/4, 5/11, 9/11, 13/11 e 8/11).

No sub-15 feminino, Beatriz Fiore conseguiu avançar de fase por ter ficado na segunda colocação do Grupo 8. Seus resultados no triangular foram: triunfo sobre a mexicana Barbara Serna por 3 a 2 (8/11, 11/5, 11/4, 8/11 e 11/6) e derrota para a peruana Carla Gonzales por 3 a 2 (10/12, 5/11, 11/5, 11/5 e 8/11).

Sabrina Miyabara passou para a fase eliminatória com duas vitórias pelo Grupo 9 da competição sub-15 feminina. Os resultados positivos garantiram a primeira posição para a brasileira, que bateu Shary Muñoz, da República Dominicana, por 3 a 2 (11/9, 7/11, 12/10, 7/11 e 11/4) e Katerine Ruiz, da Guatemala, por 3 a 1 (9/11, 12/10, 11/4 e 11/9).

O Brasil teve um excelente desempenho na fase de grupos do sub-19 masculino: todos os três atletas passaram para a ronda de 32. O primeiro a garantir uma vaga foi Henrique Noguti, que terminou como líder do Grupo 7. O brasileiro superou Cesar Augusto Arocha, da Venezuela, por 3 a 1 (9/11, 11/9, 11/7 e 11/7) e Dielo de la Cruz, da Guatemala, por W.O.

No Grupo 10, Richard Pinheiro ficou no primeiro lugar do quadrangular. Primeiro, ele passou pelo colombiano Santiago Montes por 3 a 2 (6/11, 12/10, 11/9, 2/11 e 11/6). Depois, foi a vez de derrotar o porto-riquenho Yamil Diaz por 3 a 1 (11/6, 11/2, 8/11 e 11/9). Por último, o atleta superou o peruano Juan Luna Nunez por 3 a 0, com parciais de 11/4, 11/7 e 11/3.

Diogo Silva avançou ao ficar em segundo no Grupo 12 com duas vitórias e uma derrota. O brasileiro venceu o haitiano Brayon Azor por 3 a 0 (11/5, 11/7 e 11/7) e o venezuelano Luis Vanegas por 3 a 1 (11/8, 8/11, 11/3 e 11/7) e acabou perdendo para o norte-americano Aziz Zarehbin por 3 a 2 (6/11, 12/10, 11/7, 2/11 e 13/15).


Três brasileiros se despedem

O Brasil ainda teve mais três atletas em ação pela fase de grupos do Pan-Americano nesta quarta-feira (15), porém eles não conseguiram avançar para as fases eliminatórias. No sub-15 masculino, Felipe Arado ficou na terceira colocação do Grupo 3, sendo eliminado pelo saldo de sets. O brasileiro terminou a campanha com uma vitória sobre Daniel Tran, dos Estados Unidos, por 3 a 0 (12/10, 11/8 e 12/10) e uma derrota para Ramon Vila, da República Dominicana, por 3 a 0 (10/12, 3/11 e 10/12).

Sofia Kano não conseguiu avançar de fase no sub-15 feminino. Pelo Grupo 7, ela também ficou pelo caminho pelo saldo de sets assim como seu compatriota. Sofia ficou na terceira colocação do triangular após ter vencido a mexicana Magdalena Lopez por 3 a 2 (6/11, 12/10, 11/8, 13/11 e 11/4) e sido superada pela guatemalteca Daniela Linares por 3 a 1 (4/11, 5/11, 11/4 e 11/13).

No sub-19 feminino, Lhays Stolarski também não passou para a fase seguinte. A brasileira foi batida pela porto-riquenha Gabriella Vazquez por 3 a 1 (9/11, 11/8, 7/11 e 8/11) e pela peruana Francesca Escobedo pelo mesmo placar, parciais de 11/9, 9/11, 10/12 e 7/11.

Nenhum comentário:

Postar um comentário