Treinadora que agrediu cavalo em Tóquio é repreendida pela UIPM - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Treinadora que agrediu cavalo em Tóquio é repreendida pela UIPM

Compartilhe

A treinadora alemã Kim Raisner foi obrigada pela União Internacional de Pentatlo Moderno (UIPM) a ter que fazer um curso de bem estar animal antes de voltar a fazer parte de grandes eventos internacionais.


Raisner foi flagrada pelas imagens de televisão durante a prova de saltos no hipismo da modalidade subindo em uma cerca e agredindo o cavalo montado por Annika Schleu após o mesmo ter refugado e tirado as chances da atleta de conquistar o ouro nos Jogos Olímpicos, em Tóquio.


A alemã perdeu a credencial olímpica e o seu caso foi para um painel criado pela UIPM para analise. O resultado foi que Raisner recebeu uma reprimenda e foi obrigada a participar de treinamento para bem estar animal.


O painel disse ainda que caso aconteça a reincidência, ela pode perder definitivamente as credenciais como treinadora. Schleu também foi ouvida pelo painel, mas inocentada do uso excessivo do chicote e esporas durante a prova. 


Foto: AP/Hassan Ammar

Nenhum comentário:

Postar um comentário