Trayvon Brommel voa no Quênia e faz a sexta melhor marca da história dos 100 m

A etapa de Nairobi (KEN)  da série ouro do Continental Tour de Atletismo teve uma prova de alto nível dos 100 m, como grande destaque da competição, com excelentes marcas para o vencedor, o estadunidense Trayvon Brommel, e o atleta da casa Ferdinand Omanyala.

Bromell, que surpreendeu negativamente em Tóquio, ficando fora da final da prova mais nobre do atletismo mundial, venceu com a marca de 9.76s, fazendo a sexta melhor marca da história, empatado com o compatriota Christian Coleman.

Omanyala correndo em casa, também teve grande atuação chegando em segundo lugar com a marca de 9.77s, batendo o recorde africano, superando a marca anterior de Akni Simbine, que era de 9.84s.
Completando o pódio, Justin Gatlin marcou o tempo de 10.03s.

Nos 200 m, o estadunidense Fred Kerley foi o primeiro atleta a superar a barreiras dos 20 segundos em solo queniano ao vencer com sua melhor marca pessoal com 19.76s. Na versão feminina da prova, a medalhista de prata olímpica Christine Mboma, de 18 anos, conquistou mais uma vitória, com o tempo de 22.39.

Nos 1.500 m, vitória da campeã olímpica Faith Kipyegon com o tempo de 4:02,40. 

Nos 3.000 com obstáculos, o marroquino Sofiane El Bakkali saiu vitorioso, marcando o tempo de 8:21,20. Na versão feminina da prova, vitória da atleta da casa Celliphine Chespol, com 9:30,55.

Foto: Reuters

APOIE O SURTO OLÍMPICO EM PARIS 2024

Sabia que você pode ajudar a enviar duas correspondentes do Surto Olímpico para cobrir os Jogos Olímpicos de Paris 2024?

Faça um pix para surtoolimpico@gmail.com e nos ajude a levar as jornalistas Natália Oliveira e Laura Leme para cobrir os jogos in loco.

Composto por cinco editores e sete colaboradores, o Surto Olímpico trabalha desde 2011 para ser uma referência ao público dos esportes olímpicos, não apenas no Brasil, mas em todo o mundo.

Apoie nosso trabalho! Contribua para a cobertura jornalística esportiva independente!

Postar um comentário

To Top