Red Bull Bragantino vence nos pênaltis e conquista o Brasileirão Feminino Série A2 - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Red Bull Bragantino vence nos pênaltis e conquista o Brasileirão Feminino Série A2

Compartilhe

O Red Bull Bragantino venceu o Atlético Mineiro por 4 a 2 nos pênaltis nesta terça (7) no Estádio Independência e se consagrou campeão da Série A2 do Campeonato Brasileiro Feminino. O jogo foi 0 x 0 no tempo normal, mesmo resultado do jogo de ida em Bragança Paulista. O título veio na cobrança de Ariel, artilheira da competição. Este é o primeiro título da equipe paulista no futebol feminino.


Os dois times subiram para a primeira divisão junto de Esmac-PA e Cresspom-DF, eliminados na semifinal. O Atlético terminou o campeonato invicto, enquanto o Bragantino passou a primeira fase com 100% de aproveitamento. Nas oitavas de final, o Massa Bruta enfrentou o JC do Amazonas e perdeu o primeiro jogo por 1 x 0, virando na volta com uma goleada de 4 x 0. 


Surte+: Derby Paulista decidirá a série A1


Nas quartas, elas eliminaram o Athletico-PR nos pênaltis, após perderem o primeiro jogo por 4 x 2 e empatarem no agregado ao vencer o segundo por 2 x 0. Na semi, as bragantinas passaram pelo Esmac, após empatarem a ida e vencerem a volta. 


O jogo

O primeiro tempo começou melhor para o Galo, que logo aos quatro minutos com Sofia bateu de fora da área, exigindo uma grande defesa de Karol Alves. O Bragantino conseguiu equilibrar o jogo e com 34 minutos quase abriu o placar em chute de Raquel no ângulo, que acabou tirando tinta da trave atleticana. 


O Atlético chegou mais no segundo tempo e em duas oportunidades quase abriu o placar. Primeiro com Ilana que chutou de bico e a bola passou muito perto, segundo com Sofia, que aproveitou a sobra da bola em cobrança de falta e chutou no travessão.


Aos 26, em um cruzamento, o Galo abriu o placar, mas o gol foi anulado porque a bola havia saído de campo no momento do passe. No último minuto, Karol salvou o Bragantino defendendo chute de Guedes após cobrança de escanteio.


Na primeira rodada da cobrança de pênaltis, Ray marcou para a equipe paulista e Karol defendeu o chute de Ilana, colocando o Bragantino em vantagem. Na terceira rodada, Amanda defendeu o chute de Brenda e a equipe mineira empatou a série com Cotrim.


Na rodada seguinte, Mylena marcou e Flávia Gil acertou o travessão, deixando o Bragantino com a vantagem e precisando de um gol para ficar com o título. Ariel, com uma cobrança no canto, marcou e fez a festa com suas companheiras de equipe. 


Foto em destaque: Cristiane Mattos/ CBF

Nenhum comentário:

Postar um comentário