Liberada para competir, Rafaela Silva traça como objetivo Paris 2024 - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Liberada para competir, Rafaela Silva traça como objetivo Paris 2024

Compartilhe


A judoca medalhista de ouro olímpico na edição do Rio de Janeiro 2016, Rafaela Silva, está liberada para competir e já mira Paris 2024, após uma suspensão por doping de dois anos, que a impediu de defender seu título olímpico na categoria 57 kg.

Rafaela foi flagrada no exame antidoping após teste realizando durante testes realizados no Pan-americano de Lima, em 2019, para substância proibida fenoterol, que é usada para ajudar no tratamento de doenças respiratórias.


A atleta teve cassada sua medalha de ouro conquistada em Lima e foi suspensa por dois anos. Na época, ela se defendeu alegando foi exposta a substância após ter contato com o bebê de uma amiga. Segundo Rafaela, ela deu o seu nariz para que o bebê sugasse (como uma chupeta) e a criança fazia uso da substância. 


A tese foi rejeitada pelo Tribunal Arbitral do Esporte e a punição de 2 anos acabou mantida. Agora, Rafaela está disposta a deixar o passado para trás e foca em Paris 2024.


“Acho que durante este período que estive fora, uma das em que mais pensei foi em Paris 2024”.


“Não quero pensar no que aconteceu”.


“Estou forte, estou me sentindo bem e vou treinar muito para continuar evoluindo”.


O retorno de Rafaela ao tatame será no Campeonato Mundial Militar exatamente em Paris casa das Olímpiadas de 2024, que será realizado de 28 de outubro a 4 de novembro.


Foto: AFP Photo/ Toshifumi Kitamura

Nenhum comentário:

Postar um comentário