Hugo Calderano se vinga de Gauzy e avança para a semifinal do WTT Star Contender de Doha


Nesta sexta-feira (24), o Brasil competiu no WTT Star Contender, em Doha no Qatar. Bruna Takahashi acabou sendo eliminada da competição na fase de quartas de final. Já Hugo Calderano, número 8 do mundo, enfrentou o francês Simon Gauzy e venceu o confronto por 3 a 1, avançando para as semifinais.

Calderano não teve um bom início de jogo. O brasileiro não conseguiu pressionar o francês nos saques, e cometeu alguns erros que foram decisivos para que Simon fechasse o primeiro set. Contudo, nos games seguintes Hugo foi muito superior ao seu adversário, abriu uma ampla vantagem em ambos, e conduziu com facilidade o jogo para 2 sets a 1.

No quarto set, o francês Simon, voltou a dar trabalho para o brasileiro. Durante todo o game, nenhum dos mesatenistas permitiu que o adversário abrisse uma grande vantagem, e até por isso, a partida foi para o tie-break, onde o brasileiro foi mais decisivo e fechou o set em 12 a 10 e o jogo em 3 a 1.

Bruna Takahashi também entrou em ação nesta sexta-feira, pela competição feminina. A brasileira teve um confronto duro contra a ucraniana Margaryta Pesotska. Os dois primeiros sets da partida foram vencidos por Margaryta, com uma certa tranquilidade. Nos sets subsequentes, Takahashi conseguiu reverter a situação e, em uma disputa mais apertada, empatou o confronto em 2 a 2.

No último e decisivo sets, a ucraniana voltou a dominar a partida, como havia feito nos primeiros games, e fechou a partida em 3 a 2.

Foto: Reprodução / Instagram Hugo Calderano

APOIE O SURTO OLÍMPICO EM PARIS 2024

Sabia que você pode ajudar a enviar duas correspondentes do Surto Olímpico para cobrir os Jogos Olímpicos de Paris 2024?

Faça um pix para surtoolimpico@gmail.com e nos ajude a levar as jornalistas Natália Oliveira e Laura Leme para cobrir os jogos in loco.

Composto por cinco editores e sete colaboradores, o Surto Olímpico trabalha desde 2011 para ser uma referência ao público dos esportes olímpicos, não apenas no Brasil, mas em todo o mundo.

Apoie nosso trabalho! Contribua para a cobertura jornalística esportiva independente!

Postar um comentário

To Top