Brasil se classifica para quatro finais no último dia da natação nos Jogos Paralímpicos - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Brasil se classifica para quatro finais no último dia da natação nos Jogos Paralímpicos

Compartilhe
Wendell Belarmino na borda da piscina após o fim de uma prova. Ele usa touca azul e óculos amarelo e preto e está apenas com a cabeça para fora da áuga

No último dia da natação nos Jogos Paralímpicos de Tóquio, o Brasil se classificou para quatro finais. Gabriel Cristiano nos 100m borboleta S8, Ronystony Silva nos 50m costas S4, Wendell Belarmino nos 100m borboleta S11 e o revezamento 4x100m medley masculino até 34 pontos vão tentar as últimas medalhas da natação brasileira em Tóquio.

Uma das principais chances de medalha é no revezamento 4x100m medley masculino - 34 pontos. Na prova, cada equipe escala um nadador para cada estilo, desde que a soma dos números de suas classes não passe de 34. Nas eliminatórias, o Brasil nadou com Andrey Garbe (S9) no costas, Ruan Sousa (SB9) no peito, Phelipe Rodrigues (S10) no borboleta e Talisson Glock (S6) no livre. Os brasileiros fizeram o quinto melhor tempo das eliminatórias com 4:27.08.

Nos 100m borboleta masculino S11 (classe para pessoas com deficiência visual), Wendell Belarmino ficou em segundo lugar na sua bateria e avançou para a final com o quarto melhor tempo: 1:06.59. Na mesma prova, Matheus Rheine ficou em 13º lugar com 1:24.69. Já na classe S8, Gabriel Cristiano ficou em 8º lugar nos 100m borboleta com 1:05.55.

Nos 50m costas masculino S4, Ronystony Cordeiro fez o sexto melhor tempo e conseguiu um tempo de 46.58, avançando para a final com a sexta melhor marca. Na versão feminina da prova, Susana Schnarndorf não conseguiu se classificar para a disputa de medalhas, terminando com o 12º melhor tempo: 1:00.50.

Ruan Souza empatou em nono lugar com o francês Florent Marais nos 200m medley masculino SM10, com um tempo de 2:27.75. Inicialmente, os dois estavam em oitavo lugar devido à desclassificação de Bas Takken dos Países Baixos e iriam disputar um desempate. Porém, os neerlandeses entraram com recurso e Takken conseguiu a classificação de volta.

Gabriel Malone e Talisson Glock não conseguiram se classificar para a final dos 100m costas masculino S6. Gabriel ficou em 13º lugar (1:24.72)  e Talisson em 18º (1:27.36).

Foto: Miriam Jenske/CPB

Nenhum comentário:

Postar um comentário