Brasil classifica duas equipes para o mata-mata do Pan-Americano da Juventude de tênis de mesa - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Brasil classifica duas equipes para o mata-mata do Pan-Americano da Juventude de tênis de mesa

Compartilhe
Leonardo Iizuka tênis de mesa
Leonardo Iiuzuka, do sub-15, foi fundamental na classificação da equipe (Foto: Martin Ávila María)
*Com CBTM

O Brasil já tem duas equipes classificadas para as fases eliminatórias do Campeonato Pan-Americano da Juventude, que foi iniciado neste domingo (12), em Santo Domingo, na República Dominicana. Os times sub-19 feminino e sub-15 masculino seguem no torneio, enquanto o sub-19 masculino tem a classificação praticamente assegurada. A equipe sub-15 feminina, por sua vez, foi eliminada.

Sub-19 feminino

O melhor desempenho do primeiro dia foi o da equipe feminina sub-19, que venceu duas partidas e já garantiu a primeira colocação do grupo 2. Giulia Takahashi, Laura Watanabe, Lhays Stolarsky, Livia Lima bateram a República Dominicana, por 3 a 0, e o Equador, por 3 a 1. Elas aguardam o encerramento da primeira fase para saber quem enfrentarão nas quartas de final.

Contra a seleção anfitriã, foram três vitórias sem perder sets. Giulia venceu Rosa Torres (11-3, 11-9 e 11-4), Laura bateu Dahyana Rojas (11-8, 11-3 e 11-9) e Livia superou Denise Ramos (11-8, 11-7 e 15-13). 

Já diante do Equador, Giulia atropelou Alejandra Vergara, por 3 a 0 (11-1, 11-1 e 11-2); Lhays foi superada por Mylena Plaza, por 3 a 1 (24-22, 6-11, 12-14 e 4-11); e, Laura e Giulia venceram os confrontos seguintes, ambos por 3 a 0, contra Maria Cabrera (11-5, 11-4 e 11-6) e Mylena Plaza (11-4, 11-5 e 11-6), respectivamente.

Sub-15 masculino

A equipe sub-15 masculina ficou em segundo lugar no grupo 1 da categoria. A equipe formada por Felipe Arado, Abimael Araújo, Kim Iwasaki e Leonardo Iizuka venceu bem a Colômbia, por 3 a 0, sem perder sets. Araújo bateu Emanuel Otalvaro (11-7, 11-7 e 11-4), Iizuka venceu Sebastian Bedoya (12-10, 11-4 e 11-7) e Iwasaki passou por Emanuel Yepes (11-3, 11-7 e 11-6).

Mas, na sequência, o Brasil caiu diante de Porto Rico, por 3 a 2. A equipe chegou a ter 2 a 1 de frente, com vitórias de Iizuka sobre Jose Burgos, por 3 a 0 (11-8, 11-8 e 11-9), e Arado contra Enrique Torres, com o mesmo placar (11-8, 11-4 e 11-6), mas levou a virada. A equipe enfrentará os Estados Unidos nas quartas de final, já nesta segunda-feira.

Sub-19 masculino

Os meninos dos time sub-19 tiveram muito trabalho diante de Porto Rico, mas venceu por 3 a 2. Os brasileiros enfrentam o Haiti, nesta segunda-feira, às 10h (de Brasília), para confirmarem o primeiro lugar no grupo 3.

Contra o time boricua,  Kenzo Carmo perdeu a primeira para Angel Naranjo, por 3 a 1 (7-11, 11-9, 9-11 e 9-11), mas Diogo Silva superou Jabdiel Torres, pelo mesmo placar (11-4, 9-11, 11-7 e 11-5), logo na sequência, empatando o duelo.

Henrique Noguti virou para os brasileiros: 3 a 0 contra Pablo Ortiz (11/7, 11/9 e 11/7). Diogo voltou à mesa e perdeu um duríssimo jogo diante de Naranjo, por 3 a 2 (9/11, 11/9, 8/11, 11/9 e 7/11). E, finalmente, Carmo fez 3 a 1 em Torres (11/7, 3/11, 11/8 e 11/4). 

Sub-15 feminino

O time sub-15 feminino do Brasil, formado por Sabrina Miyabara, Sofia Kano, Beatriz Fiore e Karina Shiray não conseguiu passar adiante no torneio de equipes. Elas perderam para Estados Unidos e Canadá, ambos por 3 a 0, com apenas um set vencido na soma dos seis jogos disputados. Agora, as meninas vão disputar o torneio de consolação, enfrentando o Equador nesta segunda.

Nenhum comentário:

Postar um comentário