Alysa Liu vence o Lombardia Trophy de patinação artística - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Alysa Liu vence o Lombardia Trophy de patinação artística

Compartilhe
Alyssa Liu ergue um dos comemora e sorri. Ela veste um vestido azul marinho com cristais e tem cabelo preto preso em um coque.

A patinadora estadunidense Alysa Liu venceu o Lombardia Trophy, competição da Challenger Series da União Internacional de Patinação (ISU) e uma das últimas competições internacional antes do Nebelhorn Trophy, evento no fim do mês que decide as últimas vagas para os Jogos Olímpicos de Inverno de 2022. O torneio na Itália, contou com a participação de várias atletas que concorrem diretamente com a brasileira Isadora Williams pela vaga olímpica.

Liu mostrou mais uma vez porque é a favorita para vencer o pré-olímpico. A norte-americana fez a melhor apresentação no programa curto, ao som da "Dança Cigana" do balé Don Quixote. Alysa Liu acertou todos os seus elementos para conseguir 74.31 pontos. 

No programa longo, a bicampeã nacional dos Estados Unidos se apresentou com o Concerto para Violino de Tchaikovsky e conseguiu com folga a primeira posição com 144.93, finalizando com 219.24 pontos no total. As três pontuações são as melhores marcas pessoais da de Liu. A atleta cometeu dois pequenos erros que poderiam ter feito a nota ser ainda maior no programa longo. Faltaram rotação no triplo axel e no triplo toeloop que ela conectou com um triplo lutz. Arrumando esses detalhes, Liu deve conquistar com sobras uma terceira vaga olímpica para os Estados Unidos no Nebelhorn. 

Outra favorita à vaga olímpica é  Ekaterina Kurakova da Polônia que ficou com a prata na Lombardia com 187.65 pontos. A polonesa fez duas boas apresentações, mas teve problemas para completar as rotações de alguns saltos (um triplo toeloop no programa curto e um triplo flip no programa longo). 

Audrey Shin dos Estados Unidos ficou com a medalha de bronze com 172.46. Shin tirou a quinta melhor nota no programa curto e a quarta no longo, mas se aproveitou de erros da suíça Alexia Paganani e da italiana Lara Gutmann para ficar com o terceiro lugar no geral.

Paganani e Gutmann vão competir no Nebelhorn e estão no bolo das candidatas à vaga olímpica. Alexia Paganani teve a segunda melhor nota no programa curto (62.14), mas uma queda no programa longo fez com que a suíça terminasse em quarto lugar no total (171.48). Já Lara Gutmann teve uma nota ruim no programa curto, ao ter seu duplo toeloop invalidado, ficando em 18º lugar com 48.65 pontos. A italiana se recuperou fazendo a terceira melhor apresentação do programa longo (118.33) e terminou na quinta colocação no total (166.98).

Foto de capa: Lynn Hey/Associated Press

Nenhum comentário:

Postar um comentário