Yeltsin Jacques vence 5000m T11 e conquista primeiro ouro do atletismo em Tóquio 2020 - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Yeltsin Jacques vence 5000m T11 e conquista primeiro ouro do atletismo em Tóquio 2020

Compartilhe



O primeiro ouro do atletismo nas Paralimpíadas de Tóquio é do Brasil! Yeltsin Jacques, ao lado dos guias Carlos Antônio Santos e Laurindo Nunes Neto, venceu os 5000 metros da classe T11, para deficientes visuais. Com o tempo de 15:13.62, eles também quebraram o recorde sul-americano da prova.

A medalha de prata ficou com o japonês Kenya Karasawa, com os guias Koji Kobayashi e Hiroaki Moji. O bronze também foi para o Japão, com o atleta Shinya Wada e os guias Takumi Hasebe e Kengo Yagima.

Na mesma prova, o brasileiro Julio César Agripino dos Santos ficou na oitava posição, com 16:26.31. Ele foi acompanhado pelos guias Lutimar Abreu Paes e Guilherme dos Anjos Santos.

Júlio César Agripino competindo nas Paralimpíadas de Tóquio (Foto: Ale Cabral/CPB)

A prova

Yeltsen fez as primeiras voltas no fundo do pelotão, esperando o momento certo para atacar. Ele assumiu a liderança ao fim do primeiro terço da prova e disputou com o queniano Rodgers Kiprop na maior parte das voltas restantes.

Na reta final, Karasawa, que tinha o melhor tempo do balizamento entre todos os atletas, começou a crescer e chegou a ultrapassar Yeltsin. Porém, o brasileiro soube manter a calma, recuperou a ponta na reta final e correu para o ouro e para o recorde continental.

A conquista do corredor brasileiro foi a primeira do país no atletismo nos Jogos Paralímpicos e a segunda no total, somando-se ao ouro de Gabriel Bandeira na natação.

Foto: Ale Cabral/CPB

Nenhum comentário:

Postar um comentário