Pedro Barros conquista a prata e sobe no primeiro pódio olímpico do skate park masculino - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Pedro Barros conquista a prata e sobe no primeiro pódio olímpico do skate park masculino

Compartilhe

É PRATA!! Pedro Barros, um dos principais skatistas da história do park, foi medalha de prata na primeira final olímpica da modalidade nesta quinta (5) em Tóquio. O ouro ficou com o australiano Keegan Palmer (AUS) e o bronze com Cory Juneau (USA). Luiz Francisco foi o quarto colocado e Pedro Quintas foi o oitavo. 


O Brasil sai da estreia do skate em Jogos Olímpicos com três medalhas, todas de prata, No quadro de medalhas geral, essa conquista faz o país empatar com o recorde da Rio-2016, que é de 19 medalhas. Agora, o catarinense acrescenta uma medalha olímpica a sua galeria de conquistas, que conta com dez medalhas de X games e seis títulos mundiais.


Pedro Barros fez uma boa primeira volta, com aéreos altos e terminou a primeira rodada com 86.14 pontos na segunda colocação. Luiz Francisco também alcançou boa nota, marcando 80.24 e ficando na quarta colocação. Entre as duas apresentações, Quintas fez a sua primeira apresentação, mas caiu logo no começo.


A primeira colocação era de Keegan Palmer que fez 94.04 em volta muito bem executada com aéreos altos e velozes, contando com a conexão entre as manobras. Já a terceira era do norte-americano Cory Juneau, que fez 82.15


Barros caiu durante a sua segunda volta e não melhorou sua nota. Quintas caiu mais uma vez, mas saltou de 4 para 35.54, ficando na sexta colocação. Luiz Francisco fez uma boa volta, acertando o 360º flip, mas caiu na última manobra, indo para 80.62, na quinta colocação. O terceiro lugar continuava como Juneau, que aumentou sua pontuação para 84.13


Na sua última volta, Palmer conseguiu melhorar ainda mais sua volta e foi ainda mais ousado nas manobras, passando de 94.04 para 95.83, sacramentando o seu título olímpico.


Mesmo com uma missão muito difícil, Pedro Barros foi com tudo para tentar o ouro, chegando a acertar dois aéreos com muita altura e velocidade mas caiu com 20 segundos de volta, ficando com a prata. Pedro Quintas acabou caindo mais uma vez e se despediu da competição na oitava colocação com 38.87. 


Luiz Francisco foi pra cima da medalha na última volta, acertando finalmente o 540º flip, mas os juízes der 83.14, enquanto ele precisava de 84,14 pra conseguir pelo menos o bronze. Mesmo assim, o skatista gostou da sua volta, entrando em euforia e chutando o capacete após a apresentação.


Após a prova, Pedro Barros foi cumprimentado por Palmer e Junaeu, que reconheceram a grandeza do brasileiro na história da modalidade. Em entrevista a TV Globo, o skatista demonstrou estar emocionado. Ele chegou a chorar ao encontrar com o técnico da seleção de park, Edgar Vovô.


Foto em destaque: Gaspar Nóbrega/COB



Nenhum comentário:

Postar um comentário