Maciel Santos faz última jogada perfeita e conquista o bronze na bocha B4 em Tóquio 2020 - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Maciel Santos faz última jogada perfeita e conquista o bronze na bocha B4 em Tóquio 2020

Compartilhe
Maciel Santos atira bolim em plano aberto

Foi um confronto que poderia ter sido tranquilamente a final. Cada um dos quatro períodos foi duramente jogado, com o resultado somente decidido ao término de cada end. E no fim, o brasileiro Maciel Santos venceu o tailandês Worawut Sangampa, com uma jogada decidida na última bola para levar o bronze, sua segunda medalha da carreira.

Ouro em Londres-2012, o cearense já havia perdido também de virada numa disputa acirrada para o japonês Sugimura Hidetaka na semifinal e aqui começou muito bem o duelo contra Worawut Saengampa. O tailandês de 28 anos é número 1 do mundo e já tinha duas medalhas paralímpicas alcançadas no Rio de Janeiro: foi ouro por equipes no BC1/2 e prata no individual no BC2. Nas duas provas, ele sagrou-se campeão mundial em 2018. 


Ao final do primeiro end, Maciel começou na frente. Muito firme, o tailandês fez ótimo segundo período, mas uma jogada maravilhosa próxima ao fim do tempo deu a liderança para Maciel, que com duas bolas azuis coladas à branca fez mais dois pontos e ampliou a vantagem para 3 a 0.

Porém, o tailandês foi completamente dominante no terceiro período e conseguiu marcar três pontos de uma vez só empatando o embate. Porém, o último período viu uma troca de vantagens impressionante. Em um momento, as bolas azuis de Maciel pareciam completamente longe do bolim. Mas numa última jogada impressionante, o atleta da Associacao Desportiva de Mogi das Cruzes mostrou que é um dos melhores do mundo e isolou as bolas vermelhas, encostando na bola azul para levar o bronze.

Foi a 43ª medalha do Brasil, que iguala o número alcançado em Londres-2012 e se aproxima do recorde conquistado em terras estrangeiras, as 47 de Pequim-2008. São 14 ouros, 11 pratas e 18 bronzes até agora e o Brasil ocupa a sexta colocação no quadro de medalhas. Ainda hoje às 22h40 José Carlos Chagas disputa mais um bronze para o Brasil contra o português André Ramos.

Foto: Fabio Chey/CPB

Nenhum comentário:

Postar um comentário