Itália bate recorde mundial e é ouro na perseguição por equipes masculina - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Itália bate recorde mundial e é ouro na perseguição por equipes masculina

Compartilhe

A Itália se consagrou nesta quarta (4), campeã olímpica na perseguição por equipes masculina no ciclismo de pista nos Jogos de Tóquio-2020. A medalha de ouro veio acompanhada da quebra do recorde mundial, que era o tempo da própria equipe nas eliminatórias. A final foi contra a Dinamarca que completou a prova 171 milésimos atrás.


A prova foi equilibrada, em nenhuma das parciais os times apareceram separados por mais de um segundo. O quarteto dinamarquês chegou a liderar e passou no terceiro quilometro na frente, com oito décimos de vantagem.


A esquadra italiana, sob liderança de Fillippo Ganna, reagiu e tomou a ponta, acelerando para o novo recorde mundial, 3:42.032. Completaram o quarteto italiano Simone Consonni, Francesco Lamon e Jonathan Milan.


Regan Gough esticado no chão após a queda (Foto: Kacper Pampel/Reuters)

A Austrália conquistou a medalha de bronze após dar uma volta em um dos integrantes da equipe da Nova Zelândia. O time neozelandês teve sua prova comprometida após o toque de Regan Gough e um companheiro de equipe. Regan ficou fora da prova e seu companheiro foi ultrapassado.


Foto em destaque: Kacper Pampel/ Reuters

Nenhum comentário:

Postar um comentário