IPC diz que atletas paralímpicos do Afeganistão estão seguros fora do país - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

IPC diz que atletas paralímpicos do Afeganistão estão seguros fora do país

Compartilhe


Os dois atletas que iriam representar o Afeganistão nas Paralímpiadas em Tóquio estão seguros, segundo confirmou o porta-voz do Comitê Paralímpico Internacional (IPC).

Eles fugiram do país para buscar refúgio após o Talibã assumir o controle do governo.

A lutadora de taekwondo Zakia Khudadadi e o arremessador de disco Housain Rasouli, que estavam na lista dos classificados para competir em Tóquio, viram seu sonhos desmoronarem após o Talibã cancelar os voos comerciais, impedindo os dois atletas de viajarem para disputar os Jogos.

Segundo informações da ABC News, Rasouli e Khudadadi estão entre um grupo de 50 atletas afegãos que receberam permissão para se mudar para a Austrália por motivos humanitários.

“Não vou dizer onde eles estão, pois não se trata de esporte, trata-se de vida humana e de manter as pessoas seguras”, disse Craig Spence, porta voz do IPC.

” Eles estão seguros agora”.

“Os dois passaram por um processo muito traumático, e estão em acompanhamento psicológico”, completou o porta voz.

Os atletas receberam ajuda do ex-nadador olímpico canadense, e agora advogado, Nikki Dryden, que os auxiliou no processo para receberem ajuda humanitária da Austrália.

Foto: Twitter/Reprodução


Nenhum comentário:

Postar um comentário