Federação Internacional de Handebol classifica Polônia e Eslováquia para o Mundial feminino - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Federação Internacional de Handebol classifica Polônia e Eslováquia para o Mundial feminino

Compartilhe


A IHF (Federação Internacional de Handebol) anunciou neste domingo (8), após a final do torneio olímpico de Tóquio-2020, a entrada de Polônia e Eslováquia no Mundial feminino da modalidade, que vai acontecer em dezembro, na Espanha. A entidade se utilizou de um artigo do regulamento interno que permite a concessão de  vagas a equipes em seus torneios por meio de um Wild Card (Coringa).


O mecanismo havia sido utilizado pela última vez no campeonato de 2017, beneficiando a Polônia. Os dois países não conseguiram se classificar através do Europeu da modalidade e perderam seus jogos na repescagem. Normalmente, apenas um wild card é usado, porém como nenhum país da Oceania se inscreveu para participar das Eliminatórias Asiáticas, foi possível a abertura de mais uma vaga.


A seleção brasileira, eliminada na fase de grupos na Olimpíada, irá disputar uma das três vagas em jogo para América do Sul e Central entre os dias 4 e 10 de outubro, no Chile. Já estavam classificadas automaticamente as seleções da Espanha, país-sede, e os Países Baixos, atual campeã.


O Mundial deste ano será o primeiro com 32 seleções. O sorteio da fase de grupos ocorre nesta quinta (12) às 14h30 no horário de Brasília e os potes já estão definidos.


Pote 1: Países Baixos, Noruega, Espanha, França, Croácia, Dinamarca, Rússia, Alemanha

Pote 2: Montenegro, Hungria, Suécia, Ásia 1, Ásia 2, Romênia, Sérvia, Áustria

Pote 3: Angola, América do Sul e Central 1, América do Sul e Central 2, Camarões , República Tcheca, Tunísia , América do Norte 1, Ásia 3

Pote 4: Ásia 4, Eslováquia, Eslovênia, Ásia 5, Ásia 6, Congo, América do Sul e Central 3, Polônia.


Foto em destaque: Reprodução




Nenhum comentário:

Postar um comentário