Deivid Silva perde por apenas 0.02 para Jack Robinson e é vice na etapa do México da WSL - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Deivid Silva perde por apenas 0.02 para Jack Robinson e é vice na etapa do México da WSL

Compartilhe

Ganhar é bom, mas a primeira a gente nunca esquece. Deivid Silva teve a chance nesta sexta (13) de vencer sua primeira etapa no CT (Championship Tour), a elite do surfe mundial. Mas quem comemorou seu primeiro título foi o australiano Jack Robinson que venceu por 15.16 a 15.14, uma diferença de apenas 0.02 pontos.


Deivid fez apenas três ondas, todas consideradas boas e muito parecidas. O brasileiro usou bem suas manobras de layback, dando pancadas fortes no lip com e rasgando com força e velocidade. Suas melhores notas foram 7.87 e 7.27. 


O australiano fez a diferença na sua penúltima onda, na qual ele fez com perfeição um tubo e um aéreo. Os juízes gostaram e deram 8.33 para as duas manobras. Sua segunda nota foi 6.83. 


Essa é a segunda etapa da temporada sem vitória de brasileiros, a primeira foi a abertura em Pipeline no Havaí. Agora, Ítalo Ferreira, Filipe Toledo e Gabriel Medina disputarão o título mundial em Trestles, nos EUA a partir do dia 9 de setembro.


Na categoria feminina, o título ficou com Sally Fitzgibbons, da Austrália, que venceu a havaiana Malia Manuel por 15.83 (8.50 + 7.33) a 15.27 (8.27 + 7.00). A partir do dia 9, a australiana se junta a Tatiana Weston-Webb (BRA), Johanne Defay (FRA), Stephanie Gilmore (AUS) e Carissa Moore (HAW) na disputa pelo título da liga.


Mineirinho se aposenta

O campeão mundial de 2015, Adriano de Souza, também conhecido como Mineirinho, pode surfar nesta sexta sua última onda. O número 13, foi homenageado pela organização e todos os surfistas com a oportunidade de surfar a série derradeira.



Ela foi surfada no dia 13 de agosto, às 13h13, como se fosse uma obra do destino para imortalizar um dos maiores surfistas do Brasil. Na carreira, ele foi campeão mundial júnior, campeão do QS (Qualifying Series) e da elite, onde venceu sete etapas.


Foto em destaque: Tony Heff/ WSL

Nenhum comentário:

Postar um comentário