Darlan Romani fica em 4º lugar no arremesso de peso; Ryan Crouser bate o recorde olímpico - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Darlan Romani fica em 4º lugar no arremesso de peso; Ryan Crouser bate o recorde olímpico

Compartilhe

Não deu para Darlan Romani na final do arremesso de peso. O brasileiro fez 21.88m como sua melhor marca terminando em quarto lugar. O ouro ficou com o estadunidense Ryan Crouser com 23.39m, novo recorde olímpico. Prata para Joe Kovacs dos Estados Unidos e bronze para Tomas Walsh da Nova Zelândia.

Darlan Romani começou bem arremessando para 21.88m, sua melhor marca na temporada, encerrando a primeira rodada em terceiro, só ficando atrás dos norte-americanos Joe Kovacs e Ryan Crouser,  que quebrou o seu próprio recorde olímpico logo no primeiro arremesso com 22.83m. Na segunda rodada, Darlan foi ultrapassado por Tomas Walsh, da Nova Zelândia que conseguiu 22.17m. Crouser melhorou sua marca no segundo arremesso, alcançando 22.93m.

O brasileiro já havia feito marca para alcançar o pódio (seu recorde sulamericano é de 22.61m). Mas Darlan não conseguiu encaixar seus últimos arremessos, não conseguindo mais nenhuma marca acima de 21m, encerrando na quarta posição.

Ryan Crouser comemora após um dos seus arremessos - Foto: Kai Pfaffenbach/Reuters

Com o pódio definido, Ryan Crouser foi para o seu último arremesso tentando melhorar o recorde mundial que ele estabeleceu na Seletiva Olímpica dos Estados Unidos. Crouser fez um ótimo arremesso para 23.30m, melhorando o recorde olímpico, mas ficando a 7cm do recorde mundial.

Classificação final:
1. Ryan Crouser (USA) 23.30m
2. Joe Kovacs (USA) 22.65m
3. Tomas Walsh (NZL) 22.47m
4. Darlan Romani (BRA) 21.88m
5. Zane Wier (ITA) 21.42m
6. Kyle Blignaut (RSA) 21.00m
7. Armin Sinancevic (SRB) 20.89
8. Mostafa Hassan (EGY) 20.73m

Foto de capa: Gaspar Nóbrega/COB

Nenhum comentário:

Postar um comentário