Brasil perde para a Itália na estreia do Mundial sub-19 de vôlei - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Brasil perde para a Itália na estreia do Mundial sub-19 de vôlei

Compartilhe
Arthur Bento realizando um ataque em partida contra a Itália no Campeonato Mundial sub-19 de vôlei masculino


A seleção brasileira sub-19 de vôlei masculino foi derrotada nesta terça-feira na estreia do Campeonato Mundial da categoria realizado no Irã. Os brasileiros perderam de 3 sets a 0 para a Itália, com parciais de 27/25, 25/21 e 25/21, em partida válida pelo grupo B.


Apesar da derrota, o destaque da partida foi o ponteiro Arthur Bento, autor de 20 pontos para o Brasil. Pelo lado italiano, o também ponta Luca Porro marcou 14 vezes. O domínio italiano ficou claro, com um saque e um bloqueio mais eficiente. A Itália venceu todas as estatísticas, com 7 bloqueios contra 4 do Brasil e 6 aces contra apenas 2 da seleção brasileira. Os ataques foram mais equilibrados, com vitória ligeira de 40 a 38 para a Itália.


"Cometemos muitos erros, é sempre um jogo mais nervoso este primeiro. Começamos bem, abrimos o placar, tivemos a oportunidade de fechar e falhamos. Faz parte do jogo e do processo de aprendizagem. Ainda assim conseguimos manter um bom segundo set, porém com volume de erros elevado. A Itália, mais acostumada com esses momentos, soube aproveitar e venceu. Seguimos, pois amanhã pela manhã (no horário local) já temos outro jogo com um adversário forte, a Bielorrúsia. Assim é o campeonato, não dá tempo para lamentação e nem para respirar", disse o técnico Fabiano Ribeiro, o Magoo.


Na outra partida do grupo nesta terça, melhor para a República Tcheca, que venceu a Colômbia por 3 sets a 1. O Brasil volta à quadra na madrugada desta quarta-feira diante de Belarus - que estreia amanhã. A partida será às 2:30h (horário de Brasília) com transmissão no YouTube do canal Volleyball World.


Mundial com 18 equipes

Às vésperas do início da competição no Irã, duas seleções tiveram que se retirar do Campeonato Mundial. Guatemala e República Dominicana saíram após problemas com a  Covid-19. Os dominicanos tiveram contato com uma pessoa infectada e, pelas regras de seu país, tiveram que ficar em quarentena, inviabilizando a disputa da competição. 


Já os guatemaltecos testaram positivo para oito dos 12 atletas convocados. Como ambas as seleções não tinham substitutos, tiveram que abandonar a competição. O Mundial segue com 18 países, divididos em grupos de 5. Os 4 primeiros avançam para a próxima fase.


O Brasil tenta o sétimo título mundial no sub-19, algo que não ocorre desde 2003. Por outro lado, há 16 anos que os brasileiros não sobem ao pódio, quando ficamos com a prata no Mundial da Argélia.


Foto em destaque: Divulgação/FIVB

Nenhum comentário:

Postar um comentário