Brasil estreia sem vitórias no tênis em cadeira de rodas nos Jogos Paralímpicos de Tóquio - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Brasil estreia sem vitórias no tênis em cadeira de rodas nos Jogos Paralímpicos de Tóquio

Compartilhe

tenista em cadeira de rodas bate na bola durante Lima 2019

O Brasil faz sua estreia no tênis em cadeira de rodas, dentro dos Jogos Paralímpicos de Tóquio. Seis dos nossos sete tenistas classificados ao megaevento estiveram em quadra nesta sexta-feira (27), em rodada marcada pelo forte calor em Tóquio, que atrasou diversas partidas. No entanto, esses jogadores brasileiros saíram de quadra sem conquistar a vitória.

Daniel Rodrigues foi o primeiro a fazer sua estreia. Disputando a categoria open, em simples, o brasileiro foi derrotado pelo sueco Stefan Olsson, campeão olímpico nas duplas em Londres 2012.

Com o placar de 2 sets a 0, com parciais de 6-3 e 6-2, em 1h16 de partida, Rodrigues deu adeus à chave masculina de simples, após sofrer 67 dos 120 pontos disputados e ter seu serviço quebrado em sete oportunidades. O brasileiro ainda disputará a chave de duplas, ao lado de Gustavo Carneiro.

Quem também esteve em quadra representando o Brasil foi Maurício Pomme. Em sua quinta participação paralímpica, o experiente atleta jogou contra o sul-coreano Oh Sang-Ho, em sua estreia na chave da classe open em Tóquio 2020. Em apenas 54 minutos de partida, o adversário do brasileiro impôs o placar de 2 sets a 0 (6-0 e 6-3), cometendo menos erros não-forçados (6 a 11) e dominando grande parte do jogo.

Vale lembrar que, apesar da eliminação em simples, Pomme ainda disputará a chave de duplas, ao lado de Rafael Medeiros, que também jogou nesta sexta-feira, na classe open. O brasileiro encarou o marroquino Lhaj Boukartacha, de quem perdeu em sets diretos, com parciais de 7-5 e 6-1, em 1h33 de jogo. O brasileiro chegou a liderar o placar, após efetuar uma quebra de serviço logo no primeiro game de saque do adversário, mas viu a situação ser revertida ao decorrer do set.

Boukartacha não só devolveu a quebra de saque, como quebrou novamente Medeiros, para fechar a primeira parcial em 7-5, com apenas quatro pontos a mais que o brasileiro (49 a 45). Já no segundo set a história foi diferente e o tenista marroquino rapidamente garantiu sua vitória, ao aplicar 6-1.

Nas duplas femininas, Ana Caldeira e Meirycoll Duval não foram páreo para Huang Huimin/Huang Jinlian (CHN) por 2-0 (6-0 e 6-0). 

Já na última partida do dia, Gustavo Silva teve o jogo mais equilibrado do dia entre os nossos representantes, sendo o único a ter levado uma parcial, mas ainda assim, saiu de quadra com a eliminação no torneio individual contra o sul-africano Leon Els. 

Gustavo ganhou o primeiro set, mas perdeu o segundo também por 6-4. No último e decisivo set, o brasileiro saiu na frente novamente, mas acabou sendo derrotado no final por 6-3, e eliminado do torneio de simples no masculino por 2-1.

Foto: Douglas Magno/EXEMPLUS/CPB

Nenhum comentário:

Postar um comentário