Bia Ferreira vence com tranquilidade, e garante mais uma medalha no boxe para o Brasil - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Bia Ferreira vence com tranquilidade, e garante mais uma medalha no boxe para o Brasil

Compartilhe
Boxe Brasil Tóquio
Beatriz Ferreira garantiu mais uma medalha para o boxe brasileiro em Tóquio-2020! Ela derrotou nesta terça-feira (03) a uzbeque Raykhona Kodirova, nas quartas de final da categoria até 60kg feminina. Com este resultado, a baiana garante o terceiro pódio do país nesta modalidade na edição olímpica.

Bia, como é chamada, venceu por unanimidade. No primeiro round da luta, a brasileira impôs de forma segura o seu boxe em cima da sua adversária. Acertando diversos golpes, ela garantiu a vitória da primeira parcial de pontos, já por unanimidade.


O segundo round não foi diferente, e a boxeadora brasileira continuou impondo o seu ritmo na luta e aumentou a força e número de golpes encaixados na uzbeque. Novamente, o round foi vencido pela Beatriz, também por 5:0.


O terceiro e decisivo round começou com uma boa vantagem assegurada para a brasileira. Mesmo assim, Bia continuou a pressionar a sua rival, e acertando ótimos golpes. Assim, com facilidade, a boxeadora brasileira fechou o confronto contra a uzbeque, vencendo os três rounds e por decisão unânime dos juízes.


Como não há disputa de medalha de terceiro lugar no boxe, os derrotados nas semifinais garantem medalha de bronze automaticamente. Assim, já garantida na semi, Bia tem ao menos um bronze assegurado. Ela enfrentará a finlandesa Mira Pottkonen, na próxima quinta-feira (04), às 02h15. 


Além de Bia, os baianos Hebert Conceição (75kg) e Abner Teixeira (91kg) também já se garantiram nas semifinais e têm medalha garantida. Wanderson Oliveira (63kg) está nas quartas, a uma luta do pódio.


Foto de capa: Wander Roberto/COB

Nenhum comentário:

Postar um comentário