AOC chama governo da Austrália do Sul de 'cruel' por dobrar quarentena de quem vem dos Jogos de Tóquio via Sidney - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

AOC chama governo da Austrália do Sul de 'cruel' por dobrar quarentena de quem vem dos Jogos de Tóquio via Sidney

Compartilhe

O Comitê Olímpico da Austrália (AOC) chamou de cruel o ato do governo da Austrália do Sul de impor 28 dias de quarentena a atletas que retornarem dos Jogos Olímpicos de Tóquio, encerrados no último domingo (8). via Sidney.


A quarentena extra de 14 dias é imposta a todos que vierem do exterior através da capital da Nova Gales do Sul. Segundo o governo da Austrália do Sul, a decisão foi tomada para evitar um surto da variante delta do novo coronavírus.


Segundo o AOC, o governo da Austrália do Sul recusou o pedido de dispensa dos atletas da quarentena extra.


O chefe executivo do AOC, Matt Carroll, disse que "Enquanto os outros países estão celebrando o retorno de seus atletas, estamos submetendo os nossos a um tratamento cruel."


"Eles estão sendo punidos por representar o nosso país com distinção", completou Carroll.


De acordo com o AOC, dos 56 atletas que estavam retornando para a Austrália do Sul, 16 já estavam cumprindo a quarentena convencional em Sidney. Conforme o chefe médico do Instituto de Esportes da Austrália, não é cientificamente justificável no momento uma quarentena extra, que é um risco iminente ao bem estar físico e mental aos atletas.


Foto: Adam Head

Nenhum comentário:

Postar um comentário