Japão e Kosovo saem com o ouro no terceiro dia de competições do judô em Tóquio - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Japão e Kosovo saem com o ouro no terceiro dia de competições do judô em Tóquio

Compartilhe

O japonês Ono Shonei e a kosovar Nora Gjakova foram os campeões olímpicos desta segunda (26) do judô no Budokan. Ele venceu na categoria até 73kg e ela na disputa até 57kg. A final feminina foi marcada por ser a única sem lutador japonês na disputa até o momento nos Jogos de Tóquio-2020. Por outro lado, o país-sede conquistou seu quarto ouro na modalidade em três dias de disputa.


Ono Shonei venceu no golden score uma luta equilibrada contra o gerorgiano Lasha Shavdatuashvili. O japonês conseguiu mesmo cansado após quase dez minutos de luta somados com o tempo normal, aplicar um waza-ari e comemorar sua conquista.


Os dois lugares no último degrau do pódio ficaram com o mongol Tsogtbaatar Tsend-Ochir, que aplicou um ippon com 32 segundos de luta, entrelaçando o braço do canadense Arthur Margelidon, que ao se ver sem saída, deu três tapas no quimono do adversário para pedir o fim da luta. E com o sul-coreano An Changrim, que venceu com um waza-ari, o azeri Rustam Orujov


Já no feminino, Gjakova conquistou o ouro após sua adversária, a francesa Sarah Cysique, ser desclassificada por projetar a cabeça pro chão, o que é proibido pela regra. Cysique era mais agressiva e a kosovar chegou a levar shidô por falta de combatividade e foi beneficiada pelo erro da francesa.


Na disputa pelos bronzes, a japonesa Yoshida Tsukasa venceu a georgiana Eteri Liparteliani com um Ippon e a canadense Jessica Klimkait aplicou um waza-ari no golden score em cima da eslovena Kaja Kajzer.


Foto em destaque: Sergio Perez/ Reuters

Nenhum comentário:

Postar um comentário