Estados Unidos perde na estreia do basquete masculino em Tóquio 2020 em dia de jogos emocionantes - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Estados Unidos perde na estreia do basquete masculino em Tóquio 2020 em dia de jogos emocionantes

Compartilhe

 


No segundo dia de competições dos Jogos Olímpicos de Tóquio, aconteceu a estreia do basquete masculino, com a partida entre Irã e República Tcheca ainda no sábado. Os Tchecos tiveram o domínio do jogo, vencendo os três primeiros períodos, chegando a 21 pontos no placar. Porém, os iranianos reagiram na última parcial e diminuíram a vantagem para apenas quatro em determinado momento. Apesar da boa recuperação, não foi suficiente para evitar a derrota dos europeus por 84 a 78.


Já nesta madrugada de sábado (24) para domingo (25), Alemanha e Itália se enfrentaram em uma partida extremamente equilibrada, com nenhuma das nações conseguindo disparar no placar, sendo que ambas venceram dois quartos cada. O primeiro tempo terminou com triunfo dos alemães por 46 a 43 e chegaram no último quarto ainda com a vitória em mãos por 72 a 68. No entanto, os italianos se aproveitaram do péssimo desempenho do time alemão e viraram o jogo nos últimos três minutos para saírem com a primeira vitória do grupo B por 92 a 82.



No mesmo grupo B, Austrália e Nigéria fizeram um ótimo jogo, com outro jogo bem disputado. Após empataram na primeira parcial, os australianos foram para o intervalo com três pontos de vantagem. Na volta do intervalo, os nigerianos tentaram se aproximar do marcador, porém com ótimas atuações de Nic Kay e Patty Mills - cestinha da partida com 25 pontos -, a Austrália saiu vencedora por 84 a 65.


Uma das partidas mais aguardadas do dia olímpico era a estreia dos Estados Unidos contra a França, e quem assistiu não decepcionou com o nível apresentado pelas duas seleções. E pela primeira vez desde a semifinal de Atenas de 2004, os americanos perderam para os franceses por 83 a 76 cheio de reviravoltas.


Ao fim do primeiro tempo, a seleção norte-americana estavam com vantagem de 12 pontos. No entanto, a França com um ótimo desempenho em bolas de três virou a partida e foi para o último quarto vencendo por 62 a 56. Ainda no início da parcial, os americanos retomaram a frente do placar. Porém, os franceses reagiram faltando três minutos para o término da partida graças ao bom desempenho de Evan Fournier - cestinha da partida com 28 pontos - e surpreenderam o mundo ao confirmar a vitória.


Fotos: FIBA e S.Mantley/L'Equipe

Nenhum comentário:

Postar um comentário