Estados Unidos perde na estreia do basquete masculino em Tóquio 2020 em dia de jogos emocionantes

 


No segundo dia de competições dos Jogos Olímpicos de Tóquio, aconteceu a estreia do basquete masculino, com a partida entre Irã e República Tcheca ainda no sábado. Os Tchecos tiveram o domínio do jogo, vencendo os três primeiros períodos, chegando a 21 pontos no placar. Porém, os iranianos reagiram na última parcial e diminuíram a vantagem para apenas quatro em determinado momento. Apesar da boa recuperação, não foi suficiente para evitar a derrota dos europeus por 84 a 78.


Já nesta madrugada de sábado (24) para domingo (25), Alemanha e Itália se enfrentaram em uma partida extremamente equilibrada, com nenhuma das nações conseguindo disparar no placar, sendo que ambas venceram dois quartos cada. O primeiro tempo terminou com triunfo dos alemães por 46 a 43 e chegaram no último quarto ainda com a vitória em mãos por 72 a 68. No entanto, os italianos se aproveitaram do péssimo desempenho do time alemão e viraram o jogo nos últimos três minutos para saírem com a primeira vitória do grupo B por 92 a 82.



No mesmo grupo B, Austrália e Nigéria fizeram um ótimo jogo, com outro jogo bem disputado. Após empataram na primeira parcial, os australianos foram para o intervalo com três pontos de vantagem. Na volta do intervalo, os nigerianos tentaram se aproximar do marcador, porém com ótimas atuações de Nic Kay e Patty Mills - cestinha da partida com 25 pontos -, a Austrália saiu vencedora por 84 a 65.


Uma das partidas mais aguardadas do dia olímpico era a estreia dos Estados Unidos contra a França, e quem assistiu não decepcionou com o nível apresentado pelas duas seleções. E pela primeira vez desde a semifinal de Atenas de 2004, os americanos perderam para os franceses por 83 a 76 cheio de reviravoltas.


Ao fim do primeiro tempo, a seleção norte-americana estavam com vantagem de 12 pontos. No entanto, a França com um ótimo desempenho em bolas de três virou a partida e foi para o último quarto vencendo por 62 a 56. Ainda no início da parcial, os americanos retomaram a frente do placar. Porém, os franceses reagiram faltando três minutos para o término da partida graças ao bom desempenho de Evan Fournier - cestinha da partida com 28 pontos - e surpreenderam o mundo ao confirmar a vitória.


Fotos: FIBA e S.Mantley/L'Equipe

Código adsense convertido aqui

Postar um comentário

Bem-vindos ao Surto Olímpico!
Bem-vindos ao Surto Olímpico!
To Top