Com Egonu e Zaytsev, Itália convoca seleções de vôlei para os Jogos Olímpicos - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Pesquisar:

Últimas Notícias

Com Egonu e Zaytsev, Itália convoca seleções de vôlei para os Jogos Olímpicos

Compartilhe


Candidata ao ouro nos dois naipes, a Itália conheceu os 24 atletas que defenderão as seleções feminina e masculina de vôlei do país nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Os destaques vão para as convocações de Paola Egonu, uma das grandes jogadoras do voleibol mundial da atualidade, e de Ivan Zaytsev, prata na Rio 2016 e grande nome da geração masculina italiana.

No feminino, o técnico Davide Mazzanti optou por levar quatro centrais para o torneio olímpico. Com isso, a ponteira Alessia Gennari foi a única cortada entre as 13 jogadoras que passaram por um período de treinamentos em Veneza. Na lista oficial, Indre Sorokaite, que costuma jogar como oposta, aparece entre as ponteiras. Confira a lista:

Levantadoras: Ofelia Malinov e Alessia Orro;

Oposta: Paola Egonu;

Ponteiras: Caterina Bosetti, Elena Pietrini, Myriam Sylla e Indre Sorokaite;

Centrais: Cristina Chirichella, Anna Danesi, Sarah Fahr e Raphaela Folie;

Líbero: Monica De Gennaro.

Já o time masculino terá a presença de seis remanescentes da prata na Rio 2016. Além de Zaytsev, Simone Gianelli, Luca Vettori, Osmany Juantorena, Matteo Piano e Massimo Colaci também são medalhistas olímpicos. A lista foi definida pelo treinador Gianlorenzo Blengini.

Zaysev é a grande estrela da seleção masculina da Itália (Foto: Reprodução/FIVB)

Confira a lista completa:

Levantadores: Simone Giannelli e Riccardo Sbertoli;

Opostos: Luca Vettori e Ivan Zaytsev;

Ponteiros: Osmany Juantorena, Jiri Kovar, Daniele Lavia e Alessandro Michieletto;

Centrais: Simone Anzani, Gianluca Galassi e Matteo Piano;

Líbero: Massimo Colaci.

As duas seleções italianas embarcam para Tóquio no dia 16 de julho. A estreia da equipe masculina está marcada para a manhã do dia 24 de julho (noite do dia 23 de julho, no Brasil), em jogo contra o Canadá. Já a seleção feminina estreia no dia seguinte, contra o Comitê Olímpico da Rússia. Nenhuma das duas equipes está no mesmo grupo que o Brasil na primeira fase.

A Itália busca, em solo japonês, seu primeiro ouro olímpico entre os homens e a primeira medalha entre as mulheres.

Foto: Reprodução/FIVB

Nenhum comentário:

Postar um comentário