China leva os dois ouros do segundo dia do levantamento de peso - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

China leva os dois ouros do segundo dia do levantamento de peso

Compartilhe

A China ganhou as duas finais deste domingo (25) no levantamento de peso. Fabin Li, na categoria 61 kg e Lijun Chen, na categoria 67kg, foram os responsáveis pela festa chinesa no Fórum Internacional. As duas conquistas ajudam o país oriental a terminar o segundo dia de competições em primeiro no quadro de medalhas dos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020.


Completaram o pódio na disputa dos 61kg o indonésio Eko Yuli e o cazaque Igor Son, prata e bronze, respectivamente. Li ainda quebrou o recorde olímpico no arremesso, ao levantar 172kg.


O atual campeão e recordista mundial levantou 141 kg no arranque e 172kg no arremesso, totalizando 312kg, quebrando mais um recorde olímpico. Yuli fez 137 na primeira e 161 na segunda. O indonésio ganhou sua quarta medalha olímpica, sua segunda prata consecutiva. O cazaque Igor Son fez 294 no total, levantando 131 no arranque e 163 no arremesso. 


Já na prova dos 67kg, o prata foi o colombiano Luis Javier Mosquera e o bronze ficou com o italiano Marko Zanni. Chen repetiu a façanha do seu compatriota e quebrou os recordes olímpicos no arremesso e no somatório,. O chinês levantou 145 no arranque e 187 no arremesso, totalizando 332 e conquistou sua primeira medalha olímpica. Mosquera fez 151 e 180, somando 331 e Zanni levantou 145 e 177, finalizando com 322.


A China conquistou todas os ouros do levantamento de peso em Tóquio até o este domingo (25). No sábado, Hou Zhhui ficou com o ouro na disputa feminina da categoria 49kg.


Foto em destaque: Edgard Garrido/ Reuters







Nenhum comentário:

Postar um comentário