Canoísta Ana Sátila é a primeira atleta do Time Brasil a embarcar para os Jogos Olímpicos de Tóquio - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Pesquisar:

Últimas Notícias

Canoísta Ana Sátila é a primeira atleta do Time Brasil a embarcar para os Jogos Olímpicos de Tóquio

Compartilhe


A primeira atleta brasileira que embarcou para os Jogos Olímpicos Tóquio 2020 é da canoagem slalom. Ana Sátila iniciou sua jornada na busca de um pódio no Japão neste domingo (4) acompanhada do seu técnico Mathieu Desnos, nesta que será sua terceira participação olímpica na carreira. 

Sátila fez sua estreia em Londres-2012, sendo a atleta mais nova da delegação brasileira na época, com 16 anos. Ela também disputou a Rio-2016 e, agora em Tóquio, vai competir em duas categorias: K1 e o C1 (caiaque e canoa). Pedro Gonçalves, que também está classificado para os Jogos Olímpicos no K1, deverá embarcar na próxima semana.

Os atletas da canoagem slalom farão um período de treinamento no canal artificial antes da disputa olímpica. Sátila e Pepe entrarão na Vila Olímpica só após o dia 14 de julho. Neste primeiro momento, eles fazem parte da estrutura montada pela Federação Internacional de Canoagem (ICF), que organizou este pré-evento.

“Está sendo um dia incrível, o Comitê Olímpico do Brasil estava ali pronto, estou com uma sensação e uma energia muito gostosa em ser a primeira atleta a ir no Japão, estou extremamente feliz e tenho certeza que vai ser uma experiência incrível não só para mim, mas para todos os atletas que irão para Tóquio. Agora é um momento de preparação por ter chegado até aqui e vai ser um alívio muito grande quando eu chegar lá, estou muito grata pelo apoio e muito contente”, fala a atleta.

As provas da canoagem slalom nos Jogos Olímpicos de Tóquio iniciam no dia 25 de julho e irão até o dia 29.

Pedro Gonçalves viaja na próxima semana para Tóquio
O canoísta Pedro Gonçalves vai aguardar um pouco mais para embarcar para os Jogos Olímpicos. Pepê inicialmente viajaria neste domingo (04), porém um dos seis exames RT-PCR feitos pelo atleta na última semana apresentou resultado positivo por um erro declarado pelo laboratório no processamento do mesmo.

Embora o laboratório tenha se manifestado que o teste positivado foi um erro interno, o COB optou por reiniciar o protocolo dentro das diretrizes estipuladas pelo próprio COB e pelo Comitê Organizador dos Jogos de Tóquio 2020. Assim que for concluído o novo protocolo, o atleta terá uma nova data para seu embarque para o Japão.

Foto: Diuvlgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário