Brasil vence Egito e vai a semifinal do futebol masculino em dia marcado por penalidades, goleadas e prorrogação - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Brasil vence Egito e vai a semifinal do futebol masculino em dia marcado por penalidades, goleadas e prorrogação

Compartilhe


O Brasil venceu o Egito por 1 a 0 nas quartas de final do futebol masculino na manhã deste sábado (31), em um dia marcado por jogos com muitos gols, decididos na prorrogação e nos pênaltis. Em uma partida com poucas chances reais de gol, os brasileiros venceram graças ao gol de Matheus Cunha que recebeu passe de Richarlison e na entrada da pequena área, só teve o trabalho de ajeitar e bater rasteiro no canto do goleiro El-Shenawy.


A seleção brasileira enfrenta o México na semifinal em busca de revanche por Londres-2012. Com um duelo extremamente ofensivo de nove gols os mexicanos venceram a Coréia do Sul, tendo a maioria das redes balançando apenas no segundo tempo, ainda que nos primeiros 45 minutos, a El Tri já vencia a partida por 3 a 1.


No segundo tempo os sul-coreanos foram para cima e até diminuíram o placar, mas o dia era do México, que fez mais três gols no segundo tempo para vencer por 6 a 3, com dois gols de Sebastián Córdova e Henry Martín.



Um dos países classificados para a semifinal é os donos da casa. O Japão venceu a Austrália nos pênaltis após 0 a 0 no tempo normal e na prorrogação. Os japoneses pressionaram a partida toda e fizeram 21 finalizações, mas apenas seis foram no alvo. Nas penalidades, brilhou a estrela do goleiro Tani Kosei, que pegou a cobrança de Liberato Cacace. O meio-campista Clayton Lewis também perdeu. Já os Samurais Azuis fizeram todas as cobranças e venceram por 4 a 2.


Os japoneses irão enfrentar a Espanha na primeira semifinal, em uma das partidas mais imprevisíveis dos Jogos Olímpicos de Tóquio. Tudo isso porque a Costa do Marfim abriu o placar aos dez minutos do primeiro tempo e ia confirmando uma das maiores zebras da história. Ao contrário do que se esperava, os espanhóis não conseguiram jogar e os africanos tiveram chances para marcar o segundo gol.


No entanto, a Espanha empatou com Dani Olmo após falha da zaga. Já no segundo tempo, La Furia pressionava, mas o gol não saia. E quando parecia que ficaria no 1 a 1, as redes decidiram balançar nos acréscimos. Aos 46 do segundo tempo, Max Gradel chutou cruzado e a bola desviou para tirar o goleiro Unai Simón. Com o gol, o técnico José Luis De La Fuente chamou no banco o atacante Rafa Mir, tirando o capitão Mikel Merino. O treinador não podia estar mais certo.


Após a zaga marfinense bater cabeça, o atacante empatou aos 48 minutos e levou o jogo para a prorrogação. No tempo extra, a Espanha finalmente desencantou. Com mais dois gols de Rafa Mir e um pênalti convertido por Oyarzabal, os espanhóis venceram por 5 a 2 uma partida que parecia perdida.


Datas das semifinais

03/08 às 5h: Brasil x México

03/08 às 8h: Japão x Espanha

Fotos: Christian Hartmann/REUTERS, Kim Hong-Ji/REUTERS, Edgar Su/REUTERS e Amr Abdallah Dalsh/REUTERS


Nenhum comentário:

Postar um comentário