Brasil consegue reação incrível e vence Argentina de virada no vôlei masculino - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Brasil consegue reação incrível e vence Argentina de virada no vôlei masculino

Compartilhe


Demonstrando um grande poder de reação, seleção brasileira de vôlei masculino conquistou nesta segunda-feira (26) a sua segunda vitória nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Os comandados do técnico Renan Dal Zotto perderam os dois primeiros sets, mas conseguiram uma virada incrível e bateram a Argentina por 3 sets a 2, parciais de 19-25, 21-25, 25-16, 25-21 e 16-14.


O ponteiro Leal liderou a reação brasileira a partir do terceiro set e foi o maior pontuador da seleção com 18 pontos. Pelo lado da Argentina, o oposto Bruno Lima foi o maior pontuador da partida com 26 pontos.


O Brasil iniciou a partida com a mesma formação da estreia com Bruninho, Wallace, Lucão, Isac, Lucarelli, Leal e Thales (L). Entraram Cachopa, Alan, Maurício Souza, Douglas e Maurício Borges. Já a Argentina começou o jogo com De Cecco, Bruno Lima, Solé, Loser, Facundo Conte, Palacios e Danani (L). Entraram Pereyra, Sanchez e Poglajen.  


O jogo

A Argentina foi superior no primeiro set. Sacando e defendendo melhor, os argentinos começaram a partir abrindo 6 a 3 e forçaram o técnico Renan Dal Zotto a parar o jogo. O Brasil deu sinais de melhora e chegou a abrir 13 a 11. Porém os adversários voltaram a ter o controle das ações e reassumiram a liderança do placar. Eficiente nos contra-ataques e no bloqueio, a Argentina foi abrindo vantagem e nem mesmo uma segunda parada técnica do Renan Dal Zotto melhorou a situação brasileira. Desta forma, os argentinos fecharam o set em 25 a 19.


Com o levantador De Cecco distribuindo bem as jogadas de ataque, a Argentina manteve um maior volume de jogo no segundo set e logo abriu quatro pontos de vantagem. Com dificuldades no saque e na virada de bola, Renan Dal Zotto sacou Leal e promoveu a entrada de Douglas. A mudança deu um rápido ânimo ao time brasileiro, que encostou na parcial. Mas os argentinos voltaram a abrir uma boa vantagem na reta final e fecharam o set em 25 a 21.

Brasil x Argentina vôlei masculino

Renan Dal Zotto voltou para o terceiro set com Cachopa no lugar do Bruninho e o Brasil voltou com uma nova postura no terceiro set. Com um saque e uma distribuição mais eficiente, a seleção começou a incomodar os argentinos e logo abriu uma boa vantagem na parcial, forçando o técnico Marcelo Mendez a queimar os seus dois tempos antes da metade do set. Com o time errando pouco, o Brasil teve tranquilidade e venceu o terceiro set por 25 a 16.


O Brasil começou muito mal o quarto set e viu a Argentina abrir 10 a 4. Com isso, o Renan Dal Zotto promoveu o retorno do Bruninho em quadra. Os argentinos chegaram a abrir 17 a 11 e pareciam se encaminhar para o triunfo, mas aí começou uma recuperação incrível do Brasil. Com boas sequências de saque de Leal e Maurício Souza, a seleção conseguiu uma grande virada no set. Mais vibrantes em quadra, os brasileiros conseguiram fechar o set em 25 a 21, forçando o tie-break.


O quinto set foi de intenso equilíbrio e tensão. A Argentina chegou a abrir 11 a 9, forçando o técnico brasileiro a pedir tempo. A parada funcionou e o Brasil rapidamente empatou a parcial. Demonstrando mais poder de decisão, o Brasil virou para 13 a 12 e em seguida contou com dois erros seguidos adversários para vencer por 16 a 14. O próximo compromisso da seleção brasileira será na próxima quarta-feira (28) diante da seleção do Comitê Olímpico Russo (ROC) às 9:45h pelo horário de Brasília


Irã, Japão e e ROC seguem invictas

Além do Brasil, outras três seleções seguem invictas no torneio. Pelo Grupo A, o Irã despachou a Venezuela por 3 a 0 e divide a liderança da chave com o Japão, que bateu o Canadá por 3 a 1. Ainda por este mesmo grupo, a Polônia se reabilitou do tropeço na estreia e aplicou 3 a 0 na Itália.


Pelo Grupo B, a seleção do Comitê Olímpico Russo (ROC) derrotou os Estados Unidos pelo placar de 3 sets a 1. Já a França se recuperou da derrota sofrida na estreia fazendo 3 sets a 0 na seleção da Tunísia


Fotos: Julio Cesar Guimarães/COB

Nenhum comentário:

Postar um comentário