Bandeira coreana com lema motivacional gera atrito na Vila Olímpica - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Pesquisar:

Últimas Notícias

Bandeira coreana com lema motivacional gera atrito na Vila Olímpica

Compartilhe

 


Uma bandeira da Coreia do Sul teve que ser retirada da Vila dos Atletas, após gerar uma saia justa entre coreanos e japoneses. A retirada foi feita após um pedido do COI (Comitê Olímpico Internacional) feito nesta sábado (17). Na flâmula, havia a frase " Eu ainda tenho o apoio de 50 milhões de sul-coreanos", que remonta aos tempos de guerra entre Japão e Coreia do Sul.


A Coreia condicionou a retirada a uma proibição da antiga bandeira japonesa, dos tempos do Império Japonês. A bandeira tem o círculo vermelho com 16 linhas saindo dele, representando os raios de luz. Os dois países vem tendo algumas discussões diplomáticas recentemente. Em 2018, a decisão da Corte de Seul obrigando a indenizar as famílias e as "mulheres de conforto" que sofreram com a ocupação japonesa na península coreana, estremeceu a relação.


Além disso, a representação da ilha de Takeshima no mapa da tocha, enfureceu os coreanos, que disputam a posse da ilha com os nipônicos. Apesar dos recentes embates, o presidente da Coreia, Moon Jae-In deve aparecer na Cerimônia de Abertura.


O COI se utilizou da regra 50 da Carta Olímpica, que, já flexibilzada, proíbe manifestações políticas durante as competições, a cerimônia do pódio e na Vila Olímpica. Está permitida a manifestação em entrevistas e redes sociais.


Foto em destaque:  Kim Kuyng Hoon/ Reuters

Nenhum comentário:

Postar um comentário