Ana Sátila faz boa descida, mas erra no fim e não consegue vaga na final do K1 - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Ana Sátila faz boa descida, mas erra no fim e não consegue vaga na final do K1

Compartilhe


Ana Sátila não conseguiu se classificar para a final do K1 da canoagem slalom nos Jogos Olímpicos de Tóquio. A brasileira fez uma boa descida na semifinal, mas se atrapalhou na penúltima porta e acabou na 13ª colocação geral. Apenas as dez primeiras avançaram à grande decisão, que será disputada ainda na madrugada desta terça-feira (27), no Kasai Centre.


Por ter ficado na sétima colocação na eliminatória, Ana foi apenas a 18ª a fazer sua descida, já sabendo o que precisava fazer para conseguir classificação automática: concluir o percurso em 111.53. A brasileira fez uma descida limpa e não cometeu erros, passando a primeira parcial quase 1s abaixo do necessário e mais de 5s no segundo split


Sua classificação estava muito bem encaminhada, mas ela se complicou na penúltima porta e precisou repetir o movimento com a cabeça algumas vezes até passá-la. Assim, ela perdeu muito tempo e concluiu a prova com 114.62. Mesmo com a marca elevada, ela ainda teria chances de avançar à final caso somente duas das seis atletas que ainda fossem descer não a ultrapassassem. 


Isso não aconteceu e Ana foi eliminada. A líder da classificatória foi a australiana Jessica Fox, grande favorita ao ouro, que anotou 105.85 mesmo tendo uma penalidade de dois segundos acrescida ao seu tempo. A eslovaca Eliska Mintalova ficou em segundo lugar, com 107.18. A alemã Ricarda Funk foi a terceira, a 107.96, com duas penalidades. 


Além de Ana, que é a oitava colocada do ranking mundial, outra surpresa fora da final foi a campeã mundial Eva Tercelj, da Eslovênia. Ela perdeu uma porta e sofreu 50 segundos de punição, ficando em último na classificatória. A última classificada à final foi a polonesa Klaudia Zwolinska, que marcou 111.76, quase três segundos mais rápida que Sátila.


“Muito difícil, acaba sendo uma decepção por não conseguir passar. Estava sendo uma descida perfeita no meu nível ate a penúltima baliza que foi onde eu cometi o erro. É difícil chegar tão perto e não conseguir, mas meu objetivo agora é descansar e continuar focada para a minha próxima competição que já começa amanhã e principalmente aprender muito com o que aconteceu hoje”, lamentou Ana.


A final acontece ainda nesta madrugada, às 04h15, no horário de Brasília. Mesmo eliminada, Ana Sátila segue em Tóquio para disputar o C1, prova na qual ela é terceira colocada do ranking mundial e já conquistou dois ouros em etapas de Copa do Mundo. As eliminatórias acontecerão nesta quarta-feira, por volta das 00h50, e a semi e final vão ser disputadas um dia depois, na quinta.


Foto de capa: Yara Nardi/REUTERS

Nenhum comentário:

Postar um comentário