Alison e Álvaro Filho perdem para Dalhausser/Lucena na 2ª rodada do vôlei de praia - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Alison e Álvaro Filho perdem para Dalhausser/Lucena na 2ª rodada do vôlei de praia

Compartilhe


O Brasil conheceu sua primeira derrota no vôlei de praia nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Pelo Grupo D, Alison e Álvaro Filho perderam para os estadunidenses Phil Daulhausser e Nick Lucena por 2 sets a 1 em jogo duríssimo no Parque Shiokaze. As parciais foram de 24-22, 19-21 e 15-13.

Os brasileiros voltam à quadra para a terceira e última rodada na quinta-feira (29), às 10h da manhã, contra os holandeses Alexander Brouwer e Robert Meeuwsen. A vitória garante os brasileiros na próxima fase. Caso percam o jogo, podem depender da repescagem para avançar ao mata-mata.

Ainda na madrugada desta terça-feira (27), outras duas duplas brasileiras entram na areia. Às 03h, Evandro/Bruno Schmidt enfrentam os marroquinos Abicha/Elgraoui. Mais tarde, às 10h, Ágatha/Duda jogam contras as chinesas Wang/X. Y. Xia.

O jogo


O primeiro set já começou com um grande bloqueio de Alison sobre Dalhausser. Os americanos, porém, não sentiram o ponto e mostraram volume de jogo para virar para 3 a 2. A parceria brasileira logo respondeu, e em ataque de Álvaro, abriu 7 a 5.

O jogo seguiu equilibrado, com Alison e Dalhausser mostrando porque estão entre os melhores bloqueadores do mundo e correspondendo nesse fundamento. Os dois times seguiram trocando pontos e se alternando na liderança até a reta final, quando Alison encaixou um lindo ace para abrir 19 a 17. Os norte-americanos, então, mostraram poder de reação e empataram em 20 a 20. Depois, confirmaram a virada e fecharam o set em 24 a 22.

Precisando da vitória para forçar o tie-break, os brasileiros começaram o segundo set com mais intensidade no saque, abrindo 5 a 2. Porém, a dificuldade na virada de bola recolocou os americanos no jogo: 5 a 5.

Aos poucos, Alison voltou a crescer na partida e fechou a rede, ajudando o Brasil a abrir uma boa vantagem. Novamente, muitos erros de ataque do Brasil voltaram a ajudar os americanos, que encostaram em 19 a 18. Foi preciso pedir um tempo para voltar à tranquilidade e fechar a parcial em 21 a 19.

No tie-break, Dalhausser e Lucena começaram melhor e abriram 3 a 1. Erros de ataque em sequência dos brasileiros ampliaram a vantagem dos rivais para 6 a 3, foçando o pedido de tempo. Os brasileiros até reagiram, encostando em 8 a 7. Porém, os experientes americanos cresceram de novo e abriram 12 a 7. Alison e Álvaro ainda esboçaram uma última reação, encostando em 13 a 12, mas não deu: 15 a 12 para os estadunidenses e 2 a 1 no jogo.

Foto: Wander Roberto/COB

Nenhum comentário:

Postar um comentário