Thiago Braz salta para 5,82m na Polônia e emplaca melhor marca da temporada; Augusto Dutra fica em 5,50m - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Thiago Braz salta para 5,82m na Polônia e emplaca melhor marca da temporada; Augusto Dutra fica em 5,50m

Compartilhe

Thiago Braz segura a vara ao saltar em um meeting na Polônia

A três semanas da abertura dos Jogos de Tóquio, Thiago Braz segue melhorando seu desempenho em busca do bicampeonato olímpico no salto com vara. O brasileiro competiu nesta quarta-feira (30) e ficou na quarta colocação em um meeting em Bydgoszcz, na Polônia, registrando 5,82m, sua melhor marca da temporada. O vencedor foi o americano Christopher Nilsen, que saltou para 5,92m. 


Ao todo, Thiago fez 12 saltos e obteve sucesso em quatro. Ele iniciou sua trajetória na marca de 5,50m e passou de primeira. Depois, falhou duas vezes para 5,65m e só conseguiu ultrapassar a altura na terceira chance. Em 5,75m, o brasileiro teve sucesso na segunda oportunidade. Na sequência, voltou a "passar sufoco" e só passou 5,82m no último salto. 


Por conta da sequência com falhas, Braz optou por não saltar em 5,87m para arriscar com o sarrafo a 5,92m. Entretanto, suas três tentativas não foram satisfatórias na altura e, assim, ele ficou com o 5,82m. Chris Nilsen, dos Estados Unidos, foi o vencedor com 5,92m. Ernest Obiena, das Filipinas, ficou em segundo, com 5,87m. Piotr Lisek, da Polônia, fechou o pódio, também com 5,82m.


Outros seis atletas também competiram no Memorial Ireny Szewinskiej, etapa ouro do Continental Tour da World Athletics, incluindo outro brasileiro, Augusto Dutra, que também se prepara para disputar a Olimpíada de Tóquio. Dutra terminou na sexta colocação, com 5,50m. Ele saltou de primeira em 5,35m e em 5,50m, mas falhou três vezes em 5,65m. 


O 5,82m foi a melhor marca de Thiago Braz na temporada, ultrapassando em dois centímetros o registro que havia feito no final de semana, quando venceu uma prova na Alemanha. Esta é a sétima melhor marca do mundo neste ano. A primeira colocação é os 6,10m do sueco Armand Duplantis, no início de junho. O melhor registro de Augusto Dutra em 2021 é 5,72m.


O grande destaque da competição polonesa foi Christine Mboma, que quebrou o recorde mundial sub-20 nos 400m rasos. A atleta de Namíbia, que tem apenas 18 anos, venceu a prova com 48s54, superando em sete décimos a marca anterior, que era dela própria. O polonês Pawel Fajdek venceu o lançamento de martelo com 82,77m, enquanto o neozelandês Tom Walsh, que será concorrente direto de Darlan Romani em Tóquio, fez 21,46m no arremesso de peso.


Foto de capa: Reprodução/YouTube/WA

Nenhum comentário:

Postar um comentário